Fechar
Publicidade

Sábado, 28 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Governo do Estado autoriza abertura de parques temáticos

Cidade da Criança, em São Bernardo, ainda não tem data definida para voltar a funcionar


Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

17/09/2020 | 00:01


O governador João Doria (PSDB) anunciou ontem, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, a reabertura de parques temáticos privados em todo o Estado de São Paulo. Os espaços poderão retomar as atividades a partir do dia 23, e a medida vale para parques instalados em municípios que estão na fase amarela do Plano São Paulo por 28 dias consecutivos, entre eles, os do Grande ABC.

Na região, um dos locais temáticos mais conhecidos é a Cidade da Criança, em São Bernardo, fundada em outubro de 1968. O local quase encerrou suas atividades em agosto, após o grupo Expoaqua, que administra o espaço, anunciar o fim da parceria com a Prefeitura. A empresa voltou atrás da decisão uma semana depois.
Procurada pelo Diário, a Prefeitura de São Bernardo informou que os protocolos de reabertura da Cidade da Criança estão sendo estudados pelas unidades técnicas e ainda não há data definida para publicação de sua regulamentação. O Paço afirma ainda que a partir desta decisão do governo estadual vai avaliar a reabertura do Parque da Juventude Città Di Maróstica, especializado em esportes radicais.

Ribeirão Pires conta com dois parques temáticos privados, o Rainbow Falls e o Parque Santa Helena. A Prefeitura ainda não definiu data para autorizar a reabertura.
Os parques temáticos poderão funcionar oito horas por dia e com 40% da capacidade de público. É obrigatório uso de máscaras de proteção e a medição de temperatura. Os ingressos serão vendidos somente antecipadamente e haverá controle de acesso. A fiscalização de cada local é de responsabilidade das prefeituras.

Segundo o governo do Estado, a autorização libera a retomada de mais de 100 locais, responsáveis por 26 mil empregos diretos e indiretos. O Palácio dos Bandeirantes afirma ainda que os parques são âncoras do turismo de lazer familiar no Interior, como nas cidades de Vinhedo e Itupeva, onde ficam o Hopi Hari e o Wet’n Wild, e Olímpia, que se destaca pelas atrações aquáticas, além de concentração natural de atividades na Grande São Paulo. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Governo do Estado autoriza abertura de parques temáticos

Cidade da Criança, em São Bernardo, ainda não tem data definida para voltar a funcionar

Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

17/09/2020 | 00:01


O governador João Doria (PSDB) anunciou ontem, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, a reabertura de parques temáticos privados em todo o Estado de São Paulo. Os espaços poderão retomar as atividades a partir do dia 23, e a medida vale para parques instalados em municípios que estão na fase amarela do Plano São Paulo por 28 dias consecutivos, entre eles, os do Grande ABC.

Na região, um dos locais temáticos mais conhecidos é a Cidade da Criança, em São Bernardo, fundada em outubro de 1968. O local quase encerrou suas atividades em agosto, após o grupo Expoaqua, que administra o espaço, anunciar o fim da parceria com a Prefeitura. A empresa voltou atrás da decisão uma semana depois.
Procurada pelo Diário, a Prefeitura de São Bernardo informou que os protocolos de reabertura da Cidade da Criança estão sendo estudados pelas unidades técnicas e ainda não há data definida para publicação de sua regulamentação. O Paço afirma ainda que a partir desta decisão do governo estadual vai avaliar a reabertura do Parque da Juventude Città Di Maróstica, especializado em esportes radicais.

Ribeirão Pires conta com dois parques temáticos privados, o Rainbow Falls e o Parque Santa Helena. A Prefeitura ainda não definiu data para autorizar a reabertura.
Os parques temáticos poderão funcionar oito horas por dia e com 40% da capacidade de público. É obrigatório uso de máscaras de proteção e a medição de temperatura. Os ingressos serão vendidos somente antecipadamente e haverá controle de acesso. A fiscalização de cada local é de responsabilidade das prefeituras.

Segundo o governo do Estado, a autorização libera a retomada de mais de 100 locais, responsáveis por 26 mil empregos diretos e indiretos. O Palácio dos Bandeirantes afirma ainda que os parques são âncoras do turismo de lazer familiar no Interior, como nas cidades de Vinhedo e Itupeva, onde ficam o Hopi Hari e o Wet’n Wild, e Olímpia, que se destaca pelas atrações aquáticas, além de concentração natural de atividades na Grande São Paulo. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;