Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Ex-secretária de Finanças de Mauá está foragida há 10 dias


Sérgio Vieira
Do Diário do Grande ABC

29/09/2005 | 08:23


Foragida da Justiça há 10 dias, a ex-secretária de Finanças de Mauá Valdirene Dardin tem sido vista na cidade e em São Caetano nos últimos dias. Ela está com a prisão preventiva decretada desde o último dia 19, acusada pelo Ministério Público de peculato (apropriação de dinheiro público), por supostamente ter sacado R$ 230 mil das contas da Prefeitura entre 2003 e 2004, na gestão de Oswaldo Dias (PT).

Semana passada, Valdirene teria sido vista deixando o escritório do candidato a prefeito de Mauá Márcio Chaves (PT), no bairro Sítio Bocaina. O político, no entanto, nega o encontro e acusa "adversários políticos de plantarem informações negativas a seu respeito". "A última vez em que estive com a Valdirene foi durante a campanha eleitoral. Eles (adversários políticos) não se cansam de tentar ligar minha cassação a alguma irregularidade", criticou o recém-eleito presidente do diretório municipal do PT de Mauá.

Valdirene mora no 10º andar de um prédio em São Caetano. Na portaria, uma funcionária do edifício confirma o nome da moradora, mas após checar pelo interfone, disse que ela não estava em casa. Outros moradores do prédio, no entanto, preferiram nada revelar. Alguns, inclusive, demonstraram preocupação e se limitaram a dizer que não conhecem a ex-secretária de Mauá.

Um dos vizinhos, no entanto, assegurou que Valdirene Dardin mora no edifício, mas que há tempos não é vista circulando pelo bairro.

Policiais – Outra vizinha, que também preferiu não se identificar, informou que no último dia 20 – um dia após a decretação da prisão preventiva – três viaturas de Polícia pararam em frente ao edifício de Valdirene e tentaram prendê-la, no início da tarde. Segundo essa pessoa, apesar de os investigadores pedirem que a funcionária abrisse o portão, ela se recusou, causando um certo tumulto em frente ao local.

Os policiais, então, se aproveitaram da entrada de um vizinho e foram até o apartamento de Valdirene. A equipe policial teria ficado 90 minutos no local e, como Valdirene não apareceu, foram embora.

Essa moradora também contou que um suposto advogado teria orientado o porteiro do prédio a dizer sempre, a quem quer que seja, que Valdirene nunca está em casa.

Interrogatório – Segundo o advogado da ex-secretária, Leonardo Musumecci Filho, Valdirene se apresentará nesta sexta-feira à Justiça, onde tem interrogatório marcado na 6ª Vara Criminal de Mauá. Se a defesa não conseguir revogar o pedido de prisão, a ex-secretária de Finanças poderá sair do Fórum direto para a cadeia.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;