Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Quatro estudantes de direito são presos no Dia do Pendura


Luciano Cavenagui
Do Diário do Grande ABC

13/08/2006 | 08:48


Quatro estudantes de Direito foram presos sexta-feira à noite na churrascaria Vivano Grill, no bairro Santa Paula, em São Caetano, por se recusarem a pagar a conta no Dia do Pendura, comemorado na sexta-feira. Os quatro foram acusados de estelionato e estão presos na Cadeia Pública do município, localizada na delegacia sede.

Tradicionalmente, no Dia do Pendura, estudantes de Direito se reúnem em restaurantes, consomem comidas e bebidas e saem sem pagar. A data marca o início dos cursos jurídicos no Brasil. Entretanto, em alguns casos os donos dos estabelecimentos não querem ter prejuízo e há confusão.

Foi o que ocorreu às 22h40 de sexta-feira, quando um grupo de 12 estudantes da UniABC (Universidade do Grande ABC) resolveu comer na churrascaria. Depois de todos completarem a refeição, um estudante se levantou e leu um discurso informando sobre o Dia do Pendura.

Os garçons deram risada. No entanto, os gerentes da churrascaria não acharam graça e resolveram chamar a PM para saber quem pagaria a conta de R$ 380,74. De acordo com a polícia, com a chegada dos policiais, a maioria do grupo resolveu pagar a sua parte, que variava em torno de R$ 30, e que somente quatro estudantes ficaram inflexíveis: Gilson Luiz da Rocha, 22 anos, Leandro Mota de Oliveira, 26, Nelson Ribeiro Francisco, 42, e Leandro dos Santos Macário, 22.

Os quatro foram parar na delegacia sede. Na avaliação do delegado plantonista José Augusto de Almeida, como se recusavam a pagar, foram autuados por estelionato.

"Não é verdade que se recusaram a pagar. Depois de algum tempo de discussão, eles se propuseram a pagar a conta. Mas o delegado não quis saber", afirmou a advogada Gildete Ramos, que emprega Macário como estagiário em seu escritório. "A polícia foi muito dura e não respeitou a tradição", completou Gildete.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;