Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com Jogos Olímpicos, clubes terão desfalques em seis rodadas do Brasileirão



30/06/2016 | 07:00


A seleção olímpica vai desfalcar seis clubes por até seis rodadas - da 16.ª, nos dias 23 e 24 de julho, à 21.ª, com jogos entre 20 e 22 de agosto - no Campeonato Brasileiro da Série A. Santos, Palmeiras, São Paulo, Internacional, Grêmio e Atlético Mineiro serão afetados. Na Série B, o Vasco terá o mesmo problema.

Dos 18 jogadores chamados pelo técnico Rogério Micale, 12 atuam em equipes do futebol nacional. E as diretorias de algumas delas pretendem pleitear alterações na tabela para diminuir os prejuízos.

Um deles é o Santos, clube com mais convocados: Zeca, Thiago Maia e Gabriel Barbosa. No período em que os jogadores poderão estar na seleção - de 18 de julho, início dos treinos em Teresópolis (RJ), a 20 de agosto, se o Brasil for à disputa da medalha de ouro -, o time tem marcadas seis partidas pelo Brasileirão. Enfrentará Vitória (fora), Cruzeiro (casa), Flamengo (casa), América-MG (fora), Atlético Mineiro (casa) e Coritiba (fora). E também atuará pela Copa do Brasil.

O calendário cheio levará a diretoria a pedir à CBF que altere as datas de algumas partidas, de preferência adiando para depois do período dos Jogos.

O São Paulo só teve Rodrigo Caio convocado por Rogério Micale, mas preocupa-se principalmente para o caso de chegar à final da Copa Libertadores. A decisão do título será nos dias 20 e 27 de julho, de acordo com a Conmebol. Por isso, a intenção da diretoria, se o time superar o Atlético Nacional na semifinal, é pedir o adiamento da apresentação do zagueiro à seleção para 21 de julho. Assim, ele poderia participar do primeiro duelo da decisão.

Pelo Brasileirão, o clube tricolor enfrentará Grêmio (fora), Chapecoense (casa), Atlético Mineiro (casa), Santa Cruz (fora), Botafogo (casa) e Internacional (fora) durante o "período olímpico".

O Palmeiras não terá Fernando Prass e Gabriel Jesus contra Atlético Mineiro (casa), Botafogo (fora), Chapecoense (fora), Vitória (casa), Atlético Paranaense (fora) e Ponte Preta (casa). Também pode pedir alterações na tabela.

Os outros clubes que cederão jogadores à seleção olímpica são Internacional (William e Rodrigo Dourado), Atlético Mineiro (Uilson e Douglas Santos) e Grêmio (o atacante Luan). O Vasco não terá o zagueiro Luan em seis jogos da Série B.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com Jogos Olímpicos, clubes terão desfalques em seis rodadas do Brasileirão


30/06/2016 | 07:00


A seleção olímpica vai desfalcar seis clubes por até seis rodadas - da 16.ª, nos dias 23 e 24 de julho, à 21.ª, com jogos entre 20 e 22 de agosto - no Campeonato Brasileiro da Série A. Santos, Palmeiras, São Paulo, Internacional, Grêmio e Atlético Mineiro serão afetados. Na Série B, o Vasco terá o mesmo problema.

Dos 18 jogadores chamados pelo técnico Rogério Micale, 12 atuam em equipes do futebol nacional. E as diretorias de algumas delas pretendem pleitear alterações na tabela para diminuir os prejuízos.

Um deles é o Santos, clube com mais convocados: Zeca, Thiago Maia e Gabriel Barbosa. No período em que os jogadores poderão estar na seleção - de 18 de julho, início dos treinos em Teresópolis (RJ), a 20 de agosto, se o Brasil for à disputa da medalha de ouro -, o time tem marcadas seis partidas pelo Brasileirão. Enfrentará Vitória (fora), Cruzeiro (casa), Flamengo (casa), América-MG (fora), Atlético Mineiro (casa) e Coritiba (fora). E também atuará pela Copa do Brasil.

O calendário cheio levará a diretoria a pedir à CBF que altere as datas de algumas partidas, de preferência adiando para depois do período dos Jogos.

O São Paulo só teve Rodrigo Caio convocado por Rogério Micale, mas preocupa-se principalmente para o caso de chegar à final da Copa Libertadores. A decisão do título será nos dias 20 e 27 de julho, de acordo com a Conmebol. Por isso, a intenção da diretoria, se o time superar o Atlético Nacional na semifinal, é pedir o adiamento da apresentação do zagueiro à seleção para 21 de julho. Assim, ele poderia participar do primeiro duelo da decisão.

Pelo Brasileirão, o clube tricolor enfrentará Grêmio (fora), Chapecoense (casa), Atlético Mineiro (casa), Santa Cruz (fora), Botafogo (casa) e Internacional (fora) durante o "período olímpico".

O Palmeiras não terá Fernando Prass e Gabriel Jesus contra Atlético Mineiro (casa), Botafogo (fora), Chapecoense (fora), Vitória (casa), Atlético Paranaense (fora) e Ponte Preta (casa). Também pode pedir alterações na tabela.

Os outros clubes que cederão jogadores à seleção olímpica são Internacional (William e Rodrigo Dourado), Atlético Mineiro (Uilson e Douglas Santos) e Grêmio (o atacante Luan). O Vasco não terá o zagueiro Luan em seis jogos da Série B.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;