Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 19 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Mergulhador morre em ação de resgate de meninos presos em caverna na Tailândia

Associated Press/Estadão Conteúdo Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


06/07/2018 | 10:21


Um ex-mergulhador da Marinha da Tailândia, que se juntou voluntariamente à operação de resgate dos 12 adolescentes e seu treinador de futebol presos em uma caverna alagada no norte do país, morreu às 2 horas desta sexta-feira, 5 (horário local) por falta de oxigênio enquanto estava voltando para o centro de comando, após levar suprimentos, anunciou a Marinha.

Segundo informações, ele perdeu a consciência e chegou a ser socorrido por um companheiro, mas não resistiu. Participam da operação de resgate no complexo de cavernas Tham Luang Nang Non dezenas de membros da Marinha tailandesa, além de especialistas de vários países que tentam encontrar meios de retirar os meninos em segurança.

Entre as opções de resgate está a de trazer o grupo com a utilização de equipamento de mergulho. Mas até mesmo para os mergulhadores experimentados, a tarefa é árdua.

O estado de saúde dos meninos presos em uma caverna há 12 dias é um obstáculo para o resgate planejado, com equipamento de mergulho. Uma avaliação médica dos garotos de 11 a 16 anos e do treinador do time de futebol, de 25 anos, concluiu que é perigosa a retirada do grupo, debilitado fisicamente pelos dias que ficaram sem se alimentar. Nenhum deles sabe nadar.

Em uma entrevista coletiva nesta quinta-feira, o governador da Província de Chiang Rai, Narongsak Osotthanakorn, disse que as equipes de resgate e mergulhadores correm para tentar bombear água suficiente para fora da caverna, para que os adolescentes possam sair com segurança. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mergulhador morre em ação de resgate de meninos presos em caverna na Tailândia


06/07/2018 | 10:21


Um ex-mergulhador da Marinha da Tailândia, que se juntou voluntariamente à operação de resgate dos 12 adolescentes e seu treinador de futebol presos em uma caverna alagada no norte do país, morreu às 2 horas desta sexta-feira, 5 (horário local) por falta de oxigênio enquanto estava voltando para o centro de comando, após levar suprimentos, anunciou a Marinha.

Segundo informações, ele perdeu a consciência e chegou a ser socorrido por um companheiro, mas não resistiu. Participam da operação de resgate no complexo de cavernas Tham Luang Nang Non dezenas de membros da Marinha tailandesa, além de especialistas de vários países que tentam encontrar meios de retirar os meninos em segurança.

Entre as opções de resgate está a de trazer o grupo com a utilização de equipamento de mergulho. Mas até mesmo para os mergulhadores experimentados, a tarefa é árdua.

O estado de saúde dos meninos presos em uma caverna há 12 dias é um obstáculo para o resgate planejado, com equipamento de mergulho. Uma avaliação médica dos garotos de 11 a 16 anos e do treinador do time de futebol, de 25 anos, concluiu que é perigosa a retirada do grupo, debilitado fisicamente pelos dias que ficaram sem se alimentar. Nenhum deles sabe nadar.

Em uma entrevista coletiva nesta quinta-feira, o governador da Província de Chiang Rai, Narongsak Osotthanakorn, disse que as equipes de resgate e mergulhadores correm para tentar bombear água suficiente para fora da caverna, para que os adolescentes possam sair com segurança. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;