Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 16 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Melhorar defesa é a meta no Palmeiras



05/04/2010 | 07:00


Antonio Carlos reconhece que o sucesso do Palmeiras na Copa do Brasil passará necessariamente pela melhoria do sistema defensivo de sua equipe. O treinador ainda não conseguiu dar consistência à sua zaga, que sofreu 29 gols no Paulistão. "Talvez, se a gente tivesse encontrado uma consistência defensiva antes estivéssemos brigando pela classificação do Paulista, mas falhamos muito e o resultado foi nossa eliminação. Na Copa do Brasil isso não pode acontecer."

O período de treinos até a partida contra o Atlético-PR, dia 15, é fundamental para o treinador mudar esse quadro. "Ainda há falhas na cobertura, no posicionamento e isso a gente só arruma com treino."

O regulamento da Copa do Brasil, que valoriza o gol marcado fora de casa em caso de igualdade de pontos nos dois confrontos, motivou ainda mais o treinador a focar sua atenção na defesa para o primeiro jogo contra os paranaenses, que será no Palestra. "É outro tipo de campeonato, mata-mata, e quem errar menos tem mais chances de passar de fase. Se a gente evitar sofrer gols em casa vamos ter meio caminho andado."

Os zagueiros têm consciência de que as coisas não vão bem e entendem as críticas do treinador. "É importante ter esse período de treinos. Precisamos melhorar o sistema defensivo, que ainda não está legal, e buscar maior entrosamento. Tenho certeza que vamos evoluir", disse Danilo, principal jogador da posição, que ficou fora de apenas de um dos 22 jogos do Verdão em 2010.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Melhorar defesa é a meta no Palmeiras


05/04/2010 | 07:00


Antonio Carlos reconhece que o sucesso do Palmeiras na Copa do Brasil passará necessariamente pela melhoria do sistema defensivo de sua equipe. O treinador ainda não conseguiu dar consistência à sua zaga, que sofreu 29 gols no Paulistão. "Talvez, se a gente tivesse encontrado uma consistência defensiva antes estivéssemos brigando pela classificação do Paulista, mas falhamos muito e o resultado foi nossa eliminação. Na Copa do Brasil isso não pode acontecer."

O período de treinos até a partida contra o Atlético-PR, dia 15, é fundamental para o treinador mudar esse quadro. "Ainda há falhas na cobertura, no posicionamento e isso a gente só arruma com treino."

O regulamento da Copa do Brasil, que valoriza o gol marcado fora de casa em caso de igualdade de pontos nos dois confrontos, motivou ainda mais o treinador a focar sua atenção na defesa para o primeiro jogo contra os paranaenses, que será no Palestra. "É outro tipo de campeonato, mata-mata, e quem errar menos tem mais chances de passar de fase. Se a gente evitar sofrer gols em casa vamos ter meio caminho andado."

Os zagueiros têm consciência de que as coisas não vão bem e entendem as críticas do treinador. "É importante ter esse período de treinos. Precisamos melhorar o sistema defensivo, que ainda não está legal, e buscar maior entrosamento. Tenho certeza que vamos evoluir", disse Danilo, principal jogador da posição, que ficou fora de apenas de um dos 22 jogos do Verdão em 2010.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;