Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 16 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Fotografia de Santo André ganha o 2º Salão Internacional

Em 1954 o Câmera Clube de Santo André realizou o 2º Salão Internacional de Arte Fotográfica, uma vez mais no salão nobre da Escola Industrial Júlio de


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

05/04/2010 | 00:00


Em 1954 o Câmera Clube de Santo André realizou o 2º Salão Internacional de Arte Fotográfica, uma vez mais no salão nobre da Escola Industrial Júlio de Mesquita. O salão recebeu trabalhos dos principais clubes brasileiros e da Alemanha, África do Sul, Áustria, Bélgica, China, França, Hungria, Itália, Luxemburgo, México, Portugal e Tchecoslováquia.

Um belo catálogo foi editado e é do exemplar mantido por Beltran Asêncio que nos valemos para destacar as quatro fotos de hoje. Seus autores eram integrantes do Câmera Clube de Santo André e daqui a foto Três Virgens, feita por Beltran na noite de 20 de agosto de 1953, percorreria o mundo.

Amanhã mostramos o outro lado do 2º Salão Internacional de Arte Fotográfica de Santo André: as empresas que patrocinaram o certame e tornaram possível a edição do catálogo.
Os anúncios de 56 anos atrás hoje se constituem em peças valiosas da história da publicidade no Grande ABC. Servirão de subsídios à jornalista Tuga Martins (ex-Diário). Tuga trabalha na elaboração de um livro que contará a história e evolução da publicidade e propaganda praticada no Grande ABC há mais de um século.

Sábado de Aleluia, 5 de abril de 1980. O Diário vai a Riacho Grande e flagra as margens da Represa Billings tomadas de metalúrgicos, que seguem a recomendação de Lula: ao invés de piquetes, vão buscar mistura na represa.

Frase: "Diz pro Lula que tá dando muito peixe e pra ele não aceitá os 7% que é muito pouco." (de um metalúrgico entrevistado pela reportagem)

A greve - Anúncio publicado em destaque: "Metalúrgico, volte ao trabalho; saiu o melhor acordo possível. Comissão de Negociação da Fiesp."

Igreja - Dom Claudio Hummes, bispo diocesano do Grande ABC, conclama paróquias a arrecadar alimentos para as famílias dos metalúrgicos.

Óbito - Falece Gerhard Alex Eckhoff, 53 anos. Ele era alemão e desde 1968 exercia o cargo de diretor de produção da Volkswagen, em São Bernardo.

SANTOS DO DIA

Adriano, Catarina Tomás, Teófilo, Vicente Ferrer e Zeno.
Na estampa de 1958, a representação do Sábado Santo.
Crédito da estampa: acervo Vangelista Bazani (Gili) e João de Deus Martinez.

EM 5 DE ABRIL DE...

1970 - Inaugurado o teatro Conchita de Moraes, na Vila Santa Terezinha, em Santo André. Espetáculo de estreia: Cidade Assassinada, pelo Grupo Teatro da Cidade.

MUNICÍPIO PAULISTA

Mococa. Com o nome de São Sebastião da Boa Vista, é elevada a freguesia em 5 de abril de 1856. Torna-se município em 1871 e separa-se de Casa Branca.

TRABALHADORES

Nasce em 5 de abril:

1917 - Antonio Lemes. Natural de Rio Claro (SP). Associado nº 1.086 do Sindicato dos Químicos. Servente de fabricação da Rhodia Química. Residência: Rua Lituânia, 11, Parque das Nações.
Fonte - 1º livro geral de registros dos associados do Sindicato dos Químicos do ABC.

HOJE

Dia do Propagandista Farmacêutico, Dia dos Fabricantes de Materiais de Construção, Dia das Telecomunicações

"Nunca diga adeus, diga até breve, pois a vida não acaba aqui." - da canção de Abílio Varella oferecida à Vovó Amélia pela neta Eliane Muniz

* * *
A Vozinha de Ribeirão Pires viveu 50 anos na cidade, guardando saudades da sua terra natal, no Sergipe. Em Nossa Senhora das Dores, Amélia Muniz Santos, a Vozinha, trabalhou na roça, enquanto o marido, Cláudio Joaquim dos Santos, fazia de tudo um pouco: era ferreiro, marceneiro, pedreiro, carpinteiro. Mas por causa da saúde do marido, a família resolveu vir para o Sul e chegou a Ribeirão Pires, onde já vivia Evangelina Menezes, irmã de Amélia.

Era 1960. Com o casal vieram os dois filhos, Geraldina e Manoel. Os novos ares devolveram a saúde ao pai Cláudio. Revigorado, trabalhou na Vidrobrás, antiga indústria de Mauá. Amélia, para ajudar no orçamento familiar, lavava roupa para fora aceitando pedidos dos moradores da Vila Suíça. Até que a filha Geraldina ganhou o primeiro nenê: as atenções da mãe Amélia passaram a ser todas para a criança e a filha querida.

O pai Cláudio partiu em 1985. A mulher Amélia cada vez mais ligada aos dois filhos. Evangélica, ia sempre à Assembléia de Deus de Ribeirão Pires. Jamais deixava a igreja antes de abraçar a cada um dos amigos que assistiam aos cultos. A Vozinha era agora cuidada pela filha Geraldina. Foi assim até o fim.

E a Vozinha partiu serena aos 85 anos. Deixa os dois filhos, o genro José Antonio, a nora Noêmia, os seis netos e dez bisnetos. Repousa no Cemitério São José, em Ribeirão Pires.

Serviços Funerários: Santo André - 4433-3544; São Bernardo - 4125-1645; Diadema - 4056-1045; Mauá - 4514-7399; Ribeirão Pires - 4828-1436; Rio Grande da Serra - 4820-4353. Para anunciar um falecimento, ligue para 4435-8000.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fotografia de Santo André ganha o 2º Salão Internacional

Em 1954 o Câmera Clube de Santo André realizou o 2º Salão Internacional de Arte Fotográfica, uma vez mais no salão nobre da Escola Industrial Júlio de

Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

05/04/2010 | 00:00


Em 1954 o Câmera Clube de Santo André realizou o 2º Salão Internacional de Arte Fotográfica, uma vez mais no salão nobre da Escola Industrial Júlio de Mesquita. O salão recebeu trabalhos dos principais clubes brasileiros e da Alemanha, África do Sul, Áustria, Bélgica, China, França, Hungria, Itália, Luxemburgo, México, Portugal e Tchecoslováquia.

Um belo catálogo foi editado e é do exemplar mantido por Beltran Asêncio que nos valemos para destacar as quatro fotos de hoje. Seus autores eram integrantes do Câmera Clube de Santo André e daqui a foto Três Virgens, feita por Beltran na noite de 20 de agosto de 1953, percorreria o mundo.

Amanhã mostramos o outro lado do 2º Salão Internacional de Arte Fotográfica de Santo André: as empresas que patrocinaram o certame e tornaram possível a edição do catálogo.
Os anúncios de 56 anos atrás hoje se constituem em peças valiosas da história da publicidade no Grande ABC. Servirão de subsídios à jornalista Tuga Martins (ex-Diário). Tuga trabalha na elaboração de um livro que contará a história e evolução da publicidade e propaganda praticada no Grande ABC há mais de um século.

Sábado de Aleluia, 5 de abril de 1980. O Diário vai a Riacho Grande e flagra as margens da Represa Billings tomadas de metalúrgicos, que seguem a recomendação de Lula: ao invés de piquetes, vão buscar mistura na represa.

Frase: "Diz pro Lula que tá dando muito peixe e pra ele não aceitá os 7% que é muito pouco." (de um metalúrgico entrevistado pela reportagem)

A greve - Anúncio publicado em destaque: "Metalúrgico, volte ao trabalho; saiu o melhor acordo possível. Comissão de Negociação da Fiesp."

Igreja - Dom Claudio Hummes, bispo diocesano do Grande ABC, conclama paróquias a arrecadar alimentos para as famílias dos metalúrgicos.

Óbito - Falece Gerhard Alex Eckhoff, 53 anos. Ele era alemão e desde 1968 exercia o cargo de diretor de produção da Volkswagen, em São Bernardo.

SANTOS DO DIA

Adriano, Catarina Tomás, Teófilo, Vicente Ferrer e Zeno.
Na estampa de 1958, a representação do Sábado Santo.
Crédito da estampa: acervo Vangelista Bazani (Gili) e João de Deus Martinez.

EM 5 DE ABRIL DE...

1970 - Inaugurado o teatro Conchita de Moraes, na Vila Santa Terezinha, em Santo André. Espetáculo de estreia: Cidade Assassinada, pelo Grupo Teatro da Cidade.

MUNICÍPIO PAULISTA

Mococa. Com o nome de São Sebastião da Boa Vista, é elevada a freguesia em 5 de abril de 1856. Torna-se município em 1871 e separa-se de Casa Branca.

TRABALHADORES

Nasce em 5 de abril:

1917 - Antonio Lemes. Natural de Rio Claro (SP). Associado nº 1.086 do Sindicato dos Químicos. Servente de fabricação da Rhodia Química. Residência: Rua Lituânia, 11, Parque das Nações.
Fonte - 1º livro geral de registros dos associados do Sindicato dos Químicos do ABC.

HOJE

Dia do Propagandista Farmacêutico, Dia dos Fabricantes de Materiais de Construção, Dia das Telecomunicações

"Nunca diga adeus, diga até breve, pois a vida não acaba aqui." - da canção de Abílio Varella oferecida à Vovó Amélia pela neta Eliane Muniz

* * *
A Vozinha de Ribeirão Pires viveu 50 anos na cidade, guardando saudades da sua terra natal, no Sergipe. Em Nossa Senhora das Dores, Amélia Muniz Santos, a Vozinha, trabalhou na roça, enquanto o marido, Cláudio Joaquim dos Santos, fazia de tudo um pouco: era ferreiro, marceneiro, pedreiro, carpinteiro. Mas por causa da saúde do marido, a família resolveu vir para o Sul e chegou a Ribeirão Pires, onde já vivia Evangelina Menezes, irmã de Amélia.

Era 1960. Com o casal vieram os dois filhos, Geraldina e Manoel. Os novos ares devolveram a saúde ao pai Cláudio. Revigorado, trabalhou na Vidrobrás, antiga indústria de Mauá. Amélia, para ajudar no orçamento familiar, lavava roupa para fora aceitando pedidos dos moradores da Vila Suíça. Até que a filha Geraldina ganhou o primeiro nenê: as atenções da mãe Amélia passaram a ser todas para a criança e a filha querida.

O pai Cláudio partiu em 1985. A mulher Amélia cada vez mais ligada aos dois filhos. Evangélica, ia sempre à Assembléia de Deus de Ribeirão Pires. Jamais deixava a igreja antes de abraçar a cada um dos amigos que assistiam aos cultos. A Vozinha era agora cuidada pela filha Geraldina. Foi assim até o fim.

E a Vozinha partiu serena aos 85 anos. Deixa os dois filhos, o genro José Antonio, a nora Noêmia, os seis netos e dez bisnetos. Repousa no Cemitério São José, em Ribeirão Pires.

Serviços Funerários: Santo André - 4433-3544; São Bernardo - 4125-1645; Diadema - 4056-1045; Mauá - 4514-7399; Ribeirão Pires - 4828-1436; Rio Grande da Serra - 4820-4353. Para anunciar um falecimento, ligue para 4435-8000.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;