Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 15 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Matéria-prima é destaque nas importações brasileiras do mês


Da Agência Brasil

05/04/2010 | 07:00


Matérias-primas e produtos intermediários foram o destaque nas importações brasileiras no mês de março, quando comparadas com o mesmo período de 2009. O valor total das compras brasileiras neste setor chegou a U$ 7,2 bilhões, mais do que o dobro da importação de bens de capital e quase três vezes o montante referente a bens de consumo.

O aumento na importação de insumos vem ocorrendo nos últimos meses, principalmente em relação a produtos farmacêuticos, como é o caso da vacina contra gripe. Em março passado, o total das importações da vacina chegou a US$ 367,9 milhões. No mesmo período do ano passado, o total foi de US$ 8,6 milhões.

As informações são do secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Welber Barral. "O ritmo de importação está alto, mas ele não é diferente do que vem acontecendo desde o início de 2010", disse.

Segundo Barral, metade das importações em março refere-se a matérias-primas, itens importantes para a indústria brasileira, principalmente porque o mercado interno está muito aquecido.

O secretário destacou que a própria estrutura cambial gera o incentivo à importação. "O que preocupa, neste cenário, não é tanto a importação, mas a manutenção da competitividade brasileira nos mercados".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Matéria-prima é destaque nas importações brasileiras do mês

Da Agência Brasil

05/04/2010 | 07:00


Matérias-primas e produtos intermediários foram o destaque nas importações brasileiras no mês de março, quando comparadas com o mesmo período de 2009. O valor total das compras brasileiras neste setor chegou a U$ 7,2 bilhões, mais do que o dobro da importação de bens de capital e quase três vezes o montante referente a bens de consumo.

O aumento na importação de insumos vem ocorrendo nos últimos meses, principalmente em relação a produtos farmacêuticos, como é o caso da vacina contra gripe. Em março passado, o total das importações da vacina chegou a US$ 367,9 milhões. No mesmo período do ano passado, o total foi de US$ 8,6 milhões.

As informações são do secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Welber Barral. "O ritmo de importação está alto, mas ele não é diferente do que vem acontecendo desde o início de 2010", disse.

Segundo Barral, metade das importações em março refere-se a matérias-primas, itens importantes para a indústria brasileira, principalmente porque o mercado interno está muito aquecido.

O secretário destacou que a própria estrutura cambial gera o incentivo à importação. "O que preocupa, neste cenário, não é tanto a importação, mas a manutenção da competitividade brasileira nos mercados".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;