Fechar
Publicidade

Domingo, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Colômbia sofre mais 2 atentados e ameaça Copa América


Das Agências

31/05/2001 | 00:37


A cidade colombiana de Cali, sede da chave do Brasil na Copa América de Futebol, foi sacudida nesta quarta-feira por mais dois atentados à bomba que deixaram uma pessoa ferida e danos materiais, segundo informações da III Brigada do Exército. Cali será a sede do Grupo B da Copa América, integrado por Brasil, Paraguai, México e Peru. Os novos incidentes ameaçam ainda mais a realização do torneio no país. A Confederação Sul-Americana pode transferir a competição para o México.

Segundo a fonte militar, a primeira explosão ocorreu nas proximidades de um quartel da polícia, no subúrbio da cidade, deixando um homem ferido e danificando várias casas. As autoridades suspeitam que a própria vítima ativou a bomba.

A segunda explosão ocorreu nas imediações de um colégio, sem provocar vítimas ou danos materiais significativos.

As duas ações não foram reivindicadas e o Exército desconhece os autores dos atentados.

No domingo passado, duas bombas de baixa potência explodiram em Cali, deixando um ferido e danificando algumas casas. No dia 4 de maio, a explosão de um carro-bomba em frente ao hotel La Torre de Cali deixou 36 feridos. A Colômbia é sacudida por uma onda de atentados terroristas que nos últimos 30 dias deixou 12 mortos e mais de 200 feridos. As autoridades colombianas descartam qualquer relação entre os atentados e a realização da Copa América no país.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Colômbia sofre mais 2 atentados e ameaça Copa América

Das Agências

31/05/2001 | 00:37


A cidade colombiana de Cali, sede da chave do Brasil na Copa América de Futebol, foi sacudida nesta quarta-feira por mais dois atentados à bomba que deixaram uma pessoa ferida e danos materiais, segundo informações da III Brigada do Exército. Cali será a sede do Grupo B da Copa América, integrado por Brasil, Paraguai, México e Peru. Os novos incidentes ameaçam ainda mais a realização do torneio no país. A Confederação Sul-Americana pode transferir a competição para o México.

Segundo a fonte militar, a primeira explosão ocorreu nas proximidades de um quartel da polícia, no subúrbio da cidade, deixando um homem ferido e danificando várias casas. As autoridades suspeitam que a própria vítima ativou a bomba.

A segunda explosão ocorreu nas imediações de um colégio, sem provocar vítimas ou danos materiais significativos.

As duas ações não foram reivindicadas e o Exército desconhece os autores dos atentados.

No domingo passado, duas bombas de baixa potência explodiram em Cali, deixando um ferido e danificando algumas casas. No dia 4 de maio, a explosão de um carro-bomba em frente ao hotel La Torre de Cali deixou 36 feridos. A Colômbia é sacudida por uma onda de atentados terroristas que nos últimos 30 dias deixou 12 mortos e mais de 200 feridos. As autoridades colombianas descartam qualquer relação entre os atentados e a realização da Copa América no país.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;