Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Morre Virgil Abloh, diretor artístico da Louis Vuitton, aos 41 anos



28/11/2021 | 16:55


Virgil Abloh, fundador da Off-White e diretor artístico de moda masculina da Louis Vuitton, morreu neste domingo, 28, em decorrência de um câncer contra o qual vinha se tratando de forma sigilosa nos últimos anos. O anúncio foi feito por comunicado divulgado em conjunto pela LVMH, Louis Vuitton e Off White.

"Estamos todos em choque por essa terrível notícia. Virgil não era apenas um designer genial e um visionário, mas também era um homem com uma bela alma e grande sabedoria. A família LVMH se junta a mim neste momento de grande tristeza e nossos pensamentos estão com seus entes queridos pela perda de seu marido, pai, irmão, filho e amigo", afirmou Bernard Arnault, CEO da LVMH, na nota.

Virgil era filho de imigrantes de Gana que nasceu no Estado de Illinois, nos Estados Unidos. Fã de hip-hop, trabalhava como DJ antes mesmo de se formar na faculdade - em engenharia civil e arquitetura. No início dos anos 2000, foi consultor artístico para as capas de álbuns e cenografias dos shows de Kanye West.

Em 2012, lançou sua marca, Pyrex Vision, estampando seu logotipo sobre roupas da Champion e Ralph Lauren, vendendo-as por preços maiores, o que causou polêmica.

No ano seguinte, fundou a Off White e, logo depois, tornou-se um dos estilistas preferidos entre os millenials, com suas criações inspiradas na cultura de rua, priorizando tênis e moletons. Em 2015, ficou entre os finalistas do prêmio LVMH para jovens criadores.

Virgil Abloh ainda fez colaborações significativas em marcas como Nike, Jimmy Choo, Moncler e Ikea, e se acostumou a contar com o prestígio de rappers como Kanye West, Travis Scott e A$AP Rocky, além de Rihanna e Beyoncé.

A relação próxima a Kanye West também chamou atenção em diversos momentos, como quando chorou abraçado a ele após um desfile da Louis Vuitton Hommes em Paris em 2018. "Ele torcia por nós. Esse sonho é tão meu quanto dele. No meu sonho, era ele na passarela. Queria que o mundo inteiro visse o cara que lutou para que esse momento ocorresse é parte dele e totalmente ligado a mim", afirmou, à época.

Entre 10 de junho e 22 de setembro de 2019, a mostra Figures of Speech ficou em cartaz no Museu de Arte Contemporânea de Chicago (MCA), mostrando os trabalhos de Virgil propondo a união entre moda e discurso político. (Com agências internacionais)



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;