Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Superstições se multiplicam com data do 'número da besta'


Da AFP

05/06/2006 | 15:21


A data de terça-feira 6 de junho de 2006, ou seja, 06/06/06, corresponderá para alguns ao sinal maléfico 666, número bíblico do diabo, suspeito de provocar terríveis desastres e até mesmo o fim do mundo.

Os editores americanos fizeram suas apostas sobre as catástrofes esperadas para este dia, que recebeu a denominação técnica de "hexakosioihexekontahexaphobie".

O 666 é chamado de "o número da besta" no último capítulo da Bíblia, o Livro das Revelações ou "Apocalipse de João".

O 18º versículo do 13º capítulo, com sua aparente alusão à vinda do diabo, intrigou por muito tempo os demonólogos (estudiosos do demônio) e alimentou um imaginário rico em complôs e conspirações que inspirou os romances de terror.

No entanto, segundo pesquisadores cristãos, a Bíblia não se refere ao diabo, mas aos imperadores romanos Nero e Domício, que haviam ordenado o extermínio dos primeiros cristãos.

Para outros, o 666 é o signo autêntico do Anticristo, escondido em vários tipos de objeto. Os fundamentalistas cristãos estão preocupados com esta data.

Em Denver (Colorado), a polícia anunciou que reforçará as patrulhas para enfrentar um eventual aumento de atividades diabólicas.

Na Holanda, uma organização evangélica protestante convocou 2 mil cristãos para orarem durante 24 horas com o objetivo de "conjurar as forças satânicas ativas por ocasião deste dia diabólico". Os fiéis devem orar das 18 horas de segunda-feira até a mesma hora de terça-feira.

No site da organização pode-se ler: "O Diabo anotou o dia 6 de junho no alto de sua agenda de destruição (...) As forças mais poderosas do mal como os satanistas, os franco-maçons (...), New Age, Bruxas etc vão tentar realizar neste dia os planos de Lúcifer para o mundo".

Manifestações - Na Índia, vários cinemas decidiram lançar na terça-feira o filme de terror "The Omen 666" (O presságio 666) às 6 horas, 6 minutos e 6 segundos. Na Itália, várias salas em Turim, Roma, Florença e Gênova projetarão o mesmo filme, mas seis minutos depois da meia-noite de segunda para terça-feira.

Este filme, que também será lançado na República Tcheca nesta terça-feira, foi dirigido por John Moore. Uma refilmagem de "A Maldição" (1976), ele conta a história de Damien, um orfão nascido na sexta hora do sexto dia do sexto mês, que descobre ser uma reencarnação do Anticristo.

Nos Estados Unidos, os moradores da cidade de Hell (Inferno), no Michigan, pretendem organizar uma festa para que as pessoas possam dizer que fizeram "uma festa no Inferno no dia 666", informou o prefeito da cidade.

Na Grécia, onde foi escrito o Apocalypse de Jean, militantes da laicidade anunciaram uma manifestação "satânica" em Atenas: eles apresentarão ao público "O Flagelo de Deus", panfleto contra o chefe da Igreja Grega Ortodoxa, Mgr Christodoulos.

As crenças ligadas ao caráter satânico de alguns números foram popularizadas por filmes que bateram recordes de bilheteria como "A Maldição" ou "O Exorcista" assim como pelos romances de terror de Stephen King.

Esta tendência foi reforçada pelo lançamento, na última semana, do filme baseado no best-seller de Dan Brown, "O Código Da Vinci", no qual um Professor de Harvard decifra, depois da morte do curador do Louvre, uma cadeia de mensagens codificadas que conduzem a revelações atípicas sobre a vida de Cristo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;