Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Mais de 5,7 mil iraquianos morreram em 2005


Da AFP

02/01/2006 | 15:55


Um total de 5.713 iraquianos, entre eles mais de quatro mil civis, morreram em atos de violência durante 2005 no Iraque, segundo estatísticas oficiais, as primeiras desse tipo desde a invasão do país em março de 2003.

Segundo as estatísticas reunidas pelos ministérios da Defesa, Interior e Saúde, as baixas civis chegaram a 4.020 em 2005, enquanto que as forças de ordem registraram 1.693 mortos. O número de feridos chegou a 8.378, entre eles 6.065 civis.

O mês de setembro teve o maior número de vítimas civis, com 557 mortos e janeiro o menor, com 162 mortos. Durante maio houve o maior número de perdas entre as forças de ordem, 238, e, em outubro, o menor, com 105.

As vítimas foram registradas em centenas de ataques com carros-bomba, atentados suicidas e outros ataques armados. Segundo as estatísticas, 1.702 rebeldes morreram e 9.264 foram presos.

As perdas civis desde a invasão não são muito claras. O presidente americano mencionou há pouco tempo 30 mil  mortos, mas a Casa Branca posteriormente se distanciou dessa cifra, que, no entanto, é inferior à fornecida pelas ONGs.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;