Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Barrichello se livra de punição por volante jogado na pista


Bianca Daga
Com Agências

20/05/2010 | 07:00


Rubens Barrichello pode ficar tranquilo, porque não será punido por ter descumprido regulamento no GP de Mônaco domingo. Segundo os comissários de prova, o excesso de situações a serem analisadas sobre a corrida fez com que o brasileiro ficasse em segundo plano.

"Na verdade, ele estava na nossa lista, mas saiu principalmente devido ao caso de Michael Schumacher (que perdeu seis posições por ter feito ultrapassagem irregular sobre Fernando Alonso na última volta, após a saída do safety car)", justificou o comissário de prova Paul Gutjahr ao jornal suíço Blick.

O piloto da Williams desrespeitou o regulamento da FIA (Federação Internacional do Automobilismo) ao jogar o volante na pista em vez de encaixá-lo novamente depois que saiu do carro, quando sofreu acidente. Barrichello alegou que o local da batida era perigoso, e que por isso ele deixou o carro rapidamente para não provocar mais transtorno. No entanto, nem tudo foi evitado, já que o compatriota Bruno Senna passou sobre o volante.

As regras da FIA são de multa pesada neste caso, já que o volante custa cerca de 40 mil libras, ou seja, mais de R$ 100 mil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Barrichello se livra de punição por volante jogado na pista

Bianca Daga
Com Agências

20/05/2010 | 07:00


Rubens Barrichello pode ficar tranquilo, porque não será punido por ter descumprido regulamento no GP de Mônaco domingo. Segundo os comissários de prova, o excesso de situações a serem analisadas sobre a corrida fez com que o brasileiro ficasse em segundo plano.

"Na verdade, ele estava na nossa lista, mas saiu principalmente devido ao caso de Michael Schumacher (que perdeu seis posições por ter feito ultrapassagem irregular sobre Fernando Alonso na última volta, após a saída do safety car)", justificou o comissário de prova Paul Gutjahr ao jornal suíço Blick.

O piloto da Williams desrespeitou o regulamento da FIA (Federação Internacional do Automobilismo) ao jogar o volante na pista em vez de encaixá-lo novamente depois que saiu do carro, quando sofreu acidente. Barrichello alegou que o local da batida era perigoso, e que por isso ele deixou o carro rapidamente para não provocar mais transtorno. No entanto, nem tudo foi evitado, já que o compatriota Bruno Senna passou sobre o volante.

As regras da FIA são de multa pesada neste caso, já que o volante custa cerca de 40 mil libras, ou seja, mais de R$ 100 mil.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;