Fechar
Publicidade

Domingo, 31 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estado garante R$ 76,2 mi para obras ferroviárias na região


Isis Mastromano Correia
Do Diário do Grande ABC

24/12/2008 | 07:00


O governo estadual irá desembolsar R$ 76,2 milhões a serem investidos no transporte ferroviário da região. Parte da verba será destinada para que o Expresso ABC saia do papel no ano que vem. O montante figura no orçamento do Estado para 2009, aprovado na última quinta-feira na Assembléia Legislativa.

A proposta orçamentária divulgada ainda no primeiro semestre previa repasse de apenas R$ 38,2 milhões para o metrô de superfície da região e melhorias na Linha 10-Turquesa, que atende a região.

O valor seria suficiente apenas para a conclusão de 12% do empreendimento. Com a nova verba será possível executar 28% da obra, como era pleiteado na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias).

Parte da verba angariada no último mês com a venda do banco estatal Nossa Caixa para o Banco do Brasil entrou no pacote orçamentário do Estado para 2009, sendo R$ 38 milhões para o Expresso ABC (ao todo, R$ 3,3 bilhões do capital da transação farão parte do orçamento).

Graças ao montante vindo da venda da Nossa Caixa, foi possível alcançar os R$ 76,2 milhões finais para o trem expresso (e demais melhorias na rede), que deve receber ainda injeção de dinheiro da iniciativa privada.

Inicialmente prometido para entrar em operação em 2010, o Expresso ABC não tem mais data definida para ser entregue. O projeto promete agilizar o transporte sobre trilhos diminuindo o tempo de percurso entre a região e Capital em 30 minutos.

A nova linha será construída paralelamente ao trilho utilizado para o transporte de passageiros da Linha-10 Turquesa (Luz a Rio Grande da Serra). A previsão é de que o novo sistema atenda cerca de 670 mil usuários por dia.

O número de paradas obrigatórias também será reduzido e o trem deverá servir ao embarque e desembarque no Grande ABC somente em Mauá, São Caetano e Santo André (os pontos ainda não foram definidos).

Rodoanel - O Trecho Sul do Rodoanel, que passará por Santo André, São Bernardo e Mauá, teve garantido no orçamento do Estado R$ 1,45 bilhão para 2009.

A Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A), estatal que coordena as obras, informou que o montante é suficiente para concluir o trecho - algum possível resquício ficaria restrito às compensações ambientais.

A venda da Nossa Caixa também rendeu frutos ao Trecho Sul do Rodoanel. As obras receberão R$ 150 milhões vindos do negócio envolvendo as instituições financeiras.

O Trecho Leste do Rodoanel, que começará em Mauá e cortará Ribeirão Pires, teve R$ 18 milhões reservados no orçamento de 2009 para projeto e estudos ambientais, conforme informou a Secretaria de Estado de Economia e Planejamento. (colaborou William Cardoso)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estado garante R$ 76,2 mi para obras ferroviárias na região

Isis Mastromano Correia
Do Diário do Grande ABC

24/12/2008 | 07:00


O governo estadual irá desembolsar R$ 76,2 milhões a serem investidos no transporte ferroviário da região. Parte da verba será destinada para que o Expresso ABC saia do papel no ano que vem. O montante figura no orçamento do Estado para 2009, aprovado na última quinta-feira na Assembléia Legislativa.

A proposta orçamentária divulgada ainda no primeiro semestre previa repasse de apenas R$ 38,2 milhões para o metrô de superfície da região e melhorias na Linha 10-Turquesa, que atende a região.

O valor seria suficiente apenas para a conclusão de 12% do empreendimento. Com a nova verba será possível executar 28% da obra, como era pleiteado na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias).

Parte da verba angariada no último mês com a venda do banco estatal Nossa Caixa para o Banco do Brasil entrou no pacote orçamentário do Estado para 2009, sendo R$ 38 milhões para o Expresso ABC (ao todo, R$ 3,3 bilhões do capital da transação farão parte do orçamento).

Graças ao montante vindo da venda da Nossa Caixa, foi possível alcançar os R$ 76,2 milhões finais para o trem expresso (e demais melhorias na rede), que deve receber ainda injeção de dinheiro da iniciativa privada.

Inicialmente prometido para entrar em operação em 2010, o Expresso ABC não tem mais data definida para ser entregue. O projeto promete agilizar o transporte sobre trilhos diminuindo o tempo de percurso entre a região e Capital em 30 minutos.

A nova linha será construída paralelamente ao trilho utilizado para o transporte de passageiros da Linha-10 Turquesa (Luz a Rio Grande da Serra). A previsão é de que o novo sistema atenda cerca de 670 mil usuários por dia.

O número de paradas obrigatórias também será reduzido e o trem deverá servir ao embarque e desembarque no Grande ABC somente em Mauá, São Caetano e Santo André (os pontos ainda não foram definidos).

Rodoanel - O Trecho Sul do Rodoanel, que passará por Santo André, São Bernardo e Mauá, teve garantido no orçamento do Estado R$ 1,45 bilhão para 2009.

A Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A), estatal que coordena as obras, informou que o montante é suficiente para concluir o trecho - algum possível resquício ficaria restrito às compensações ambientais.

A venda da Nossa Caixa também rendeu frutos ao Trecho Sul do Rodoanel. As obras receberão R$ 150 milhões vindos do negócio envolvendo as instituições financeiras.

O Trecho Leste do Rodoanel, que começará em Mauá e cortará Ribeirão Pires, teve R$ 18 milhões reservados no orçamento de 2009 para projeto e estudos ambientais, conforme informou a Secretaria de Estado de Economia e Planejamento. (colaborou William Cardoso)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;