Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

'Caixinha de Natal' amplia salário de dezembro

Nário Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Michele Loureiro
Do Diário do Grande ABC

08/12/2008 | 07:05


Ela está presente no cantinho da maioria dos balcões dos pequenos comércios. A caixinha de Natal é tradição no Grande ABC.

Aproveitando da amizade dos fregueses, os comerciantes apostam na caixinha para ‘engordar' o último salário do ano. E o ritual costuma dar certo. Em alguns estabelecimentos, o bônus alcança os R$ 100 por funcionário.

É o caso da farmácia do Zé, em Diadema, que desde o início de novembro adotou a caixinha. "É uma tradição nossa. Como a maioria dos clientes são antigos e amigos nossos, eles colocam alguma colaboração. Perto do Natal abrimos a caixa e dividimos o valor entre os sete funcionários", conta o proprietário José Dutra.

Na Padaria Plaza, em Santo André, o ‘cofrinho' de Natal é presença confirmada há 12 anos. "Embrulhamos uma caixa de sapato com papel temático da ocasião, escrevemos uma mensagem de boas festas e a colocamos em um ponto estratégico: ao lado do caixa. Assim, aquelas moedinhas do troco ajudam a complementar nossas festas", conta a gerente de compras do estabelecimento, Liliane de Souza Oliveira.

Em 2007, os 23 funcionários da padaria incorporaram R$ 50 a mais no salário.

Aproveitando o espírito natalino que envolve o mês de dezembro, o funcionário do Açougue Bom Corte, em São Caetano, já até sabe o que fazer com o dinheiro extra. "Não sei ao certo quanto a caixinha vai render, mas o presente do amigo secreto em família depende disso", brinca.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Caixinha de Natal' amplia salário de dezembro

Michele Loureiro
Do Diário do Grande ABC

08/12/2008 | 07:05


Ela está presente no cantinho da maioria dos balcões dos pequenos comércios. A caixinha de Natal é tradição no Grande ABC.

Aproveitando da amizade dos fregueses, os comerciantes apostam na caixinha para ‘engordar' o último salário do ano. E o ritual costuma dar certo. Em alguns estabelecimentos, o bônus alcança os R$ 100 por funcionário.

É o caso da farmácia do Zé, em Diadema, que desde o início de novembro adotou a caixinha. "É uma tradição nossa. Como a maioria dos clientes são antigos e amigos nossos, eles colocam alguma colaboração. Perto do Natal abrimos a caixa e dividimos o valor entre os sete funcionários", conta o proprietário José Dutra.

Na Padaria Plaza, em Santo André, o ‘cofrinho' de Natal é presença confirmada há 12 anos. "Embrulhamos uma caixa de sapato com papel temático da ocasião, escrevemos uma mensagem de boas festas e a colocamos em um ponto estratégico: ao lado do caixa. Assim, aquelas moedinhas do troco ajudam a complementar nossas festas", conta a gerente de compras do estabelecimento, Liliane de Souza Oliveira.

Em 2007, os 23 funcionários da padaria incorporaram R$ 50 a mais no salário.

Aproveitando o espírito natalino que envolve o mês de dezembro, o funcionário do Açougue Bom Corte, em São Caetano, já até sabe o que fazer com o dinheiro extra. "Não sei ao certo quanto a caixinha vai render, mas o presente do amigo secreto em família depende disso", brinca.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;