Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Homem sobrevive a tiro na cabeça em Diadema


William Cardoso
Do Diário do Grande ABC

08/12/2008 | 07:00


Um homem de 31 anos sobreviveu no último domingo a uma tentativa de latrocínio na Vila Nogueira, em Diadema, depois de ter sido atingido por um tiro na cabeça. Internado no Hospital Municipal de Diadema, ele se encontrava consciente e fora de risco horas após o crime.

Funcionário de um lava-rápido, a vítima disse à Polícia Civil que aproveitava o início do dia de folga para caminhar pela cidade, como costumava fazer.

Por volta das 6h, o funcionário de lava-rápido andava pela viela Thomas Hobbes, nas proximidades da Rua João Batista Alves Nascimento, quando foi abordado por criminosos. Não ficou claro para a polícia se vítima teria sido obrigado a entregar seus pertences - o celular, o relógio e uma carteira, que continha apenas xerox de documentos - ou se foram levados posteriormente.

A bala disparada entrou por trás da orelha da vítima e ficou alojada no alto do crânio. Não houve perda de massa encefálica. O funcionário do lava-rápido deverá passar por uma cirurgia para a retirada do projétil.

Na tarde de ontem, a Polícia Civil foi até o local onde ocorreu o crime, mas moradores não souberam dar informações sobre a ação. Não foi descartada a possibilidade de ter ocorrido uma tentativa de execução.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Homem sobrevive a tiro na cabeça em Diadema

William Cardoso
Do Diário do Grande ABC

08/12/2008 | 07:00


Um homem de 31 anos sobreviveu no último domingo a uma tentativa de latrocínio na Vila Nogueira, em Diadema, depois de ter sido atingido por um tiro na cabeça. Internado no Hospital Municipal de Diadema, ele se encontrava consciente e fora de risco horas após o crime.

Funcionário de um lava-rápido, a vítima disse à Polícia Civil que aproveitava o início do dia de folga para caminhar pela cidade, como costumava fazer.

Por volta das 6h, o funcionário de lava-rápido andava pela viela Thomas Hobbes, nas proximidades da Rua João Batista Alves Nascimento, quando foi abordado por criminosos. Não ficou claro para a polícia se vítima teria sido obrigado a entregar seus pertences - o celular, o relógio e uma carteira, que continha apenas xerox de documentos - ou se foram levados posteriormente.

A bala disparada entrou por trás da orelha da vítima e ficou alojada no alto do crânio. Não houve perda de massa encefálica. O funcionário do lava-rápido deverá passar por uma cirurgia para a retirada do projétil.

Na tarde de ontem, a Polícia Civil foi até o local onde ocorreu o crime, mas moradores não souberam dar informações sobre a ação. Não foi descartada a possibilidade de ter ocorrido uma tentativa de execução.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;