Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Ainda filiado ao PSDB, Dib indica que definirá postura eleitoral em janeiro

André Henriques/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ex-prefeito cogita candidatura em S.Bernardo, e não descarta sair para outro projeto político


Fabio Martins
Do Diário do Grande ABC

30/12/2015 | 07:00


O ex-prefeito de São Bernardo William Dib confirmou que mantém sua filiação no PSDB, reiterou interesse em participar novamente na corrida pelo Paço em 2016, mas não descartou deixar as fileiras do tucanato para entrar na disputa eleitoral majoritária. A legenda tem hoje projeto de pré-candidatura própria encabeçada pelo deputado estadual Orlando Morando. Segundo Dib, a deliberação sobre o posicionamento político no páreo sairá em um mês. “Permaneço no PSDB. Ainda não decidi o que vou fazer (na campanha municipal). Definirei, provavelmente, em janeiro”, frisou.

O último cargo eletivo pleiteado por Dib foi de deputado federal em 2010. Na ocasião, ele obteve 113,8 mil votos, conquistando cadeira no Congresso, entretanto, não concorreu à reeleição no ano passado. Em 2012, o ex-chefe do Executivo deu apoio à dobrada formada entre Alex Manente (PPS, à Prefeitura) e Admir Ferro (então no PSDB e atualmente no PTB, de vice). Diferentemente do processo anterior, desta vez, o tucano se coloca no páreo a prefeito pela segunda vez. “Tenho dois caminhos: posso disputar prévia. Há essa opção, mas também possuo a alternativa, até por estar sem mandato, de mudar de partido.”

Dib pontuou que a situação está na “dependência pessoal de analisar as condições possíveis” pelo momento de dificuldade política e econômica que atravessa o País, evitando falar sobre quais seriam as possibilidades vislumbradas no panorama local diante do afunilamento do quadro. Recentemente, ex-prefeito perdeu as adesões de SD e PSC. Por outro lado, ele compareceu em atividades eleitorais do DEM – hoje nas mãos do vereador governista Mauro Miaguti –, dando ênfase à relação com Rodrigo Garcia, dirigente do diretório nacional. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ainda filiado ao PSDB, Dib indica que definirá postura eleitoral em janeiro

Ex-prefeito cogita candidatura em S.Bernardo, e não descarta sair para outro projeto político

Fabio Martins
Do Diário do Grande ABC

30/12/2015 | 07:00


O ex-prefeito de São Bernardo William Dib confirmou que mantém sua filiação no PSDB, reiterou interesse em participar novamente na corrida pelo Paço em 2016, mas não descartou deixar as fileiras do tucanato para entrar na disputa eleitoral majoritária. A legenda tem hoje projeto de pré-candidatura própria encabeçada pelo deputado estadual Orlando Morando. Segundo Dib, a deliberação sobre o posicionamento político no páreo sairá em um mês. “Permaneço no PSDB. Ainda não decidi o que vou fazer (na campanha municipal). Definirei, provavelmente, em janeiro”, frisou.

O último cargo eletivo pleiteado por Dib foi de deputado federal em 2010. Na ocasião, ele obteve 113,8 mil votos, conquistando cadeira no Congresso, entretanto, não concorreu à reeleição no ano passado. Em 2012, o ex-chefe do Executivo deu apoio à dobrada formada entre Alex Manente (PPS, à Prefeitura) e Admir Ferro (então no PSDB e atualmente no PTB, de vice). Diferentemente do processo anterior, desta vez, o tucano se coloca no páreo a prefeito pela segunda vez. “Tenho dois caminhos: posso disputar prévia. Há essa opção, mas também possuo a alternativa, até por estar sem mandato, de mudar de partido.”

Dib pontuou que a situação está na “dependência pessoal de analisar as condições possíveis” pelo momento de dificuldade política e econômica que atravessa o País, evitando falar sobre quais seriam as possibilidades vislumbradas no panorama local diante do afunilamento do quadro. Recentemente, ex-prefeito perdeu as adesões de SD e PSC. Por outro lado, ele compareceu em atividades eleitorais do DEM – hoje nas mãos do vereador governista Mauro Miaguti –, dando ênfase à relação com Rodrigo Garcia, dirigente do diretório nacional. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;