Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Melhora o estado do menino iraquiano que perdeu os braços


Da AFP

21/04/2003 | 16:25


Ali, o menino iraquiano de 12 anos que comoveu o mundo depois de perder seus pais e os dois braços em um bombardeio americano, responde bem ao tratamento, informou nesta segunda-feira um porta-voz do Ministério da Saúde do Kuwait, onde o garoto está hospitalizado.

Ali Ismail Abbas, que na semana passada foi submetido a uma operação para retirar a pele morta que recobria seu braço gravemente queimado, "está bem", declarou Ahmad al Shatti. "Sorri, come e brinca. Seus ferimentos estão limpos. Tem um pouco de febre, mas seu estado é estável", acrescentou.

O menino iraquiano que apresenta queimaduras em mais de 20% do seu corpo deveria se submeter a um transplante do pele nesta segunda-feira, mas a operação não será realizada antes do final da semana ou no início da próxima. "Não tem pressa porque querem que fique totalmente recuperado", declarou Shatti. Ele ainda informou que os médicos esperam que o nível de glóbulos vermelhos no sangue de Ali aumente.

Depois de uma grande mobilização internacional, Ali foi levado para o Kuwait no dia 15 de abril para ser atendido no centro de tratamento de queimados de Al Babtain.

Os médicos amputaram o que restou dos seus braços em Bagdá, onde a equipe médica advertiu que não tinha os recursos necessários para curá-lo e que devia ser transferido para outro país.

Desde então, o Ministério da Saúde kuwaitiano foi inundado de chamadas para propor ajuda ao menino. "Ali já conversou com um terapeuta para saber como viver com braços artificiais e com um psicólogo especializado em transtorno pós-traumáticos", acrescentou Shatti.

"Responde muito bem. Tentamos ver se conseguimos um professor para atendê-lo no hospital. Todos os médicos que tratam dele estão muito contentes", disse.

Ali, que perdeu seus pais e outros membros de sua família em um bombardeio que atingiu sua casa no dia 30 de março, ameaçou se suicidar se não ganhasse braços novos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;