Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Em Mauá, sessão é marcada por protesto de ambulantes


Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

08/04/2015 | 07:00


Cerca de 40 trabalhadores ambulantes estiveram ontem na sessão da Câmara de Mauá para protestar contra a Prefeitura, alegando que estão sendo impedidos de trabalhar por conta da falta de um projeto regulatório da classe.

Segundo o líder do governo do prefeito Donisete Braga (PT), Rômulo Fernandes (PT), proposta está sendo formulada pelo Executivo, devendo ser apresentada na próxima sessão. “A administração já vem trabalhando pela formalização desta matéria e devemos trazer à discussão os próprios ambulantes a fim de definir detalhes. Esse é um debate que vai exigir série de regras e critérios, principalmente quanto ao espaço a ser utilizado e à legitimidade dos produtos comercializados”, afirmou.

Presidente do Sindicato dos Ambulantes do ABC, Claudinei Bueno Alves espera que a administração permita que os trabalhadores possam exercer suas funções até a formalização da propositura. “Enquanto o projeto não for concluído, desejamos que a Prefeitura deixe os profissionais trabalharem, o que não está acontecendo”, disse. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em Mauá, sessão é marcada por protesto de ambulantes

Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

08/04/2015 | 07:00


Cerca de 40 trabalhadores ambulantes estiveram ontem na sessão da Câmara de Mauá para protestar contra a Prefeitura, alegando que estão sendo impedidos de trabalhar por conta da falta de um projeto regulatório da classe.

Segundo o líder do governo do prefeito Donisete Braga (PT), Rômulo Fernandes (PT), proposta está sendo formulada pelo Executivo, devendo ser apresentada na próxima sessão. “A administração já vem trabalhando pela formalização desta matéria e devemos trazer à discussão os próprios ambulantes a fim de definir detalhes. Esse é um debate que vai exigir série de regras e critérios, principalmente quanto ao espaço a ser utilizado e à legitimidade dos produtos comercializados”, afirmou.

Presidente do Sindicato dos Ambulantes do ABC, Claudinei Bueno Alves espera que a administração permita que os trabalhadores possam exercer suas funções até a formalização da propositura. “Enquanto o projeto não for concluído, desejamos que a Prefeitura deixe os profissionais trabalharem, o que não está acontecendo”, disse. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;