Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

TJ-SP arquiva processo contra secretário de Segurança Pública


Do Diário OnLine

16/02/2005 | 15:53


Os desembargadores do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) arquivaram nesta quarta-feira, por 24 votos a 1, o inquérito que apurava o envolvimento do secretário da Segurança Pública do Estado, Saulo de Castro Abreu Filho, nas ações ilegais do extinto Gradi (Grupo de Repressão e Análise dos Delitos de Intolerância) da Polícia Militar.

Além de Saulo de Castro, outros dois juízes eram réus no processo. O Ministério Público acusa o Gradi de ter recrutado ilegalmente criminosos para infiltrá-los no PCC (Primeiro Comando da Capital) e outros grupos do crime organizado.

Os criminosos controlados pelo Gradi teriam incitado comparsas a realizar ações ilegais. Em uma delas, policiais trocaram tiros com suspeitos no pedágio da rodovia Castelinho, na região de Campinas, e mataram 12 supostos integrantes do PCC.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;