Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Bocha de Santo André é campeã paulista


Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC

30/09/2006 | 20:06


O Bochófilo Santo André está em festa, com o título do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Agora, a equipe volta à elite da bocha no Estado e terá pela frente um rival de peso: o São José, de São Caetano. A alegria, no entanto, é maior do que qualquer coisa e, por isso, o campeão Gerson Monzato, garante que o esporte é da paz, nada de inimigos.


“Por isso é que todo mundo fala que a bocha é o esporte que faz amigos”, conta o jogador, que ontem participou da festa do título, uma churrascada feita no própio clube.


Para voltar à Primeira Divisão, o caminho não foi nada fácil. Tanto que na última rodada, para sacramentar a conquista, bateu o CAY – Clube Atlético Ypiranga –, um dos mais fortes. O Ypiranga ficou em segundo, seguido pelo Clipper, da Freguesia do Ó. Os três chegaram à elite.


“Faz 30 anos que não ocupamos espaço entre os melhores. Nossa equipe está muito boa e merecemos”, conta Monzato.


Na Primeira Divisão, todos sabem que terá pedreira pela frente. “Têm times muito fortes, como o Círculo Militar e o próprio São José”.


Agora, o objetivo do Bochófilo Santo André é permanecer na elite do esporte. “A gente sabe que é difícil brigar pelo título, mas se a gente conseguir alguns reforços para a equipe, de repente podemos vencer, quem sabe”.


Para o técnico Jorge Lincoln, a campanha da sua equipe foi perfeita. “Nos sagramos campeões por antecipação contra o Banespa e terminamos a competição com nove pontos de vantagem sobre o segundo colocado”, conta, sem se esquecer de pensar no futuro. “Vamos contratar dois ou três jogadores”, prevê o treinador da equipe campeã.


O clube, fundado em 1948, é comandado por Jorge Lincoln. Os campeões são Antonio Silva, Carlos Barreto, Carlos Proetti, Cosmo Rico, Deodato de Moraes, Eduardo De Paula, Gerson Manzato, Humberto Luchine, João Custódio, João Fonseca, José Carlos Gonzaga, José Rosa, Miguel Pelagali, Maurici de Almeida, Nardi Selhors, Roberto Perrella, Waldemar Vitor e Walsir Gamberini.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bocha de Santo André é campeã paulista

Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC

30/09/2006 | 20:06


O Bochófilo Santo André está em festa, com o título do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Agora, a equipe volta à elite da bocha no Estado e terá pela frente um rival de peso: o São José, de São Caetano. A alegria, no entanto, é maior do que qualquer coisa e, por isso, o campeão Gerson Monzato, garante que o esporte é da paz, nada de inimigos.


“Por isso é que todo mundo fala que a bocha é o esporte que faz amigos”, conta o jogador, que ontem participou da festa do título, uma churrascada feita no própio clube.


Para voltar à Primeira Divisão, o caminho não foi nada fácil. Tanto que na última rodada, para sacramentar a conquista, bateu o CAY – Clube Atlético Ypiranga –, um dos mais fortes. O Ypiranga ficou em segundo, seguido pelo Clipper, da Freguesia do Ó. Os três chegaram à elite.


“Faz 30 anos que não ocupamos espaço entre os melhores. Nossa equipe está muito boa e merecemos”, conta Monzato.


Na Primeira Divisão, todos sabem que terá pedreira pela frente. “Têm times muito fortes, como o Círculo Militar e o próprio São José”.


Agora, o objetivo do Bochófilo Santo André é permanecer na elite do esporte. “A gente sabe que é difícil brigar pelo título, mas se a gente conseguir alguns reforços para a equipe, de repente podemos vencer, quem sabe”.


Para o técnico Jorge Lincoln, a campanha da sua equipe foi perfeita. “Nos sagramos campeões por antecipação contra o Banespa e terminamos a competição com nove pontos de vantagem sobre o segundo colocado”, conta, sem se esquecer de pensar no futuro. “Vamos contratar dois ou três jogadores”, prevê o treinador da equipe campeã.


O clube, fundado em 1948, é comandado por Jorge Lincoln. Os campeões são Antonio Silva, Carlos Barreto, Carlos Proetti, Cosmo Rico, Deodato de Moraes, Eduardo De Paula, Gerson Manzato, Humberto Luchine, João Custódio, João Fonseca, José Carlos Gonzaga, José Rosa, Miguel Pelagali, Maurici de Almeida, Nardi Selhors, Roberto Perrella, Waldemar Vitor e Walsir Gamberini.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;