Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

S.Caetano espera quebrar tabu de 3 jogos contra o Galo no Mineirão


Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC

17/06/2005 | 08:11


Se o retrospecto do São Caetano diante do Atlético-MG é totalmente favorável quando os jogos acontecem no estádio Anacleto Campanella, a sorte vai por água abaixo nas partidas disputadas em Belo Horizonte. Por isso, no confronto de amanhã, às 18h10, no Mineirão, o time do Grande ABC encara não só o desespero dos mineiros, na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, como também o tabu de nunca ter sequer empatado com o Galo em Minas Gerais.

Nos últimos quatro Brasileiros disputados pelas duas equipes, foram três jogos em Belo Horizonte e três vitórias do alvinegro. Em 2002, o Galo bateu o Azulão por 2 a 1. No ano seguinte, um placar mais elástico, 3 a 0, repetido na edição passada.

O tabu só apimenta a partida que já tem ingredientes suficientes para mexer com o público que deve atender ao apelo do técnico Tite e lotar o Mineirão. Isso porque o São Caetano ainda não ganhou fora de casa neste Brasileiro e corre atrás do feito. Já o Atlético, em sete rodadas, conquistou apenas uma vitória em seus domínios.

Para complicar ainda mais a situação dos dois lados, o técnico Tite, hoje no time mineiro, já dirigiu o São Caetano e, embora o grupo do Azulão de hoje seja bastante diferente daquele de sua época, conhece o estilo de jogo da equipe que, por sua vez, sabe o que pensa o treinador do alvinegro mineiro.

A história é bem diferente quando os dois se encontram no Anacleto Campanella. Foram quatro jogos, três vitórias do Azulão e um empate. Este último aconteceu no confronto disputado no ano passado, no jogo de ida (1 a 1). No de volta, o Atlético-MG goleou o São Caetano por 3 a 0 no Mineirão.

Em campo – Para quebrar o tabu e mudar a história, o São Caetano conta com o reforço do atacante Dimba, que ficou de fora dos treinamentos da semana para tratar uma pancada no pé. Ontem pela manhã, no entanto, o jogador treinou e foi confirmado como titular. “A dor já está controlada e creio que não terei grandes limitações para jogar”, disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

S.Caetano espera quebrar tabu de 3 jogos contra o Galo no Mineirão

Analy Cristofani
Do Diário do Grande ABC

17/06/2005 | 08:11


Se o retrospecto do São Caetano diante do Atlético-MG é totalmente favorável quando os jogos acontecem no estádio Anacleto Campanella, a sorte vai por água abaixo nas partidas disputadas em Belo Horizonte. Por isso, no confronto de amanhã, às 18h10, no Mineirão, o time do Grande ABC encara não só o desespero dos mineiros, na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, como também o tabu de nunca ter sequer empatado com o Galo em Minas Gerais.

Nos últimos quatro Brasileiros disputados pelas duas equipes, foram três jogos em Belo Horizonte e três vitórias do alvinegro. Em 2002, o Galo bateu o Azulão por 2 a 1. No ano seguinte, um placar mais elástico, 3 a 0, repetido na edição passada.

O tabu só apimenta a partida que já tem ingredientes suficientes para mexer com o público que deve atender ao apelo do técnico Tite e lotar o Mineirão. Isso porque o São Caetano ainda não ganhou fora de casa neste Brasileiro e corre atrás do feito. Já o Atlético, em sete rodadas, conquistou apenas uma vitória em seus domínios.

Para complicar ainda mais a situação dos dois lados, o técnico Tite, hoje no time mineiro, já dirigiu o São Caetano e, embora o grupo do Azulão de hoje seja bastante diferente daquele de sua época, conhece o estilo de jogo da equipe que, por sua vez, sabe o que pensa o treinador do alvinegro mineiro.

A história é bem diferente quando os dois se encontram no Anacleto Campanella. Foram quatro jogos, três vitórias do Azulão e um empate. Este último aconteceu no confronto disputado no ano passado, no jogo de ida (1 a 1). No de volta, o Atlético-MG goleou o São Caetano por 3 a 0 no Mineirão.

Em campo – Para quebrar o tabu e mudar a história, o São Caetano conta com o reforço do atacante Dimba, que ficou de fora dos treinamentos da semana para tratar uma pancada no pé. Ontem pela manhã, no entanto, o jogador treinou e foi confirmado como titular. “A dor já está controlada e creio que não terei grandes limitações para jogar”, disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;