Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Talismã, Edu Sales quer agarrar chance no Azulão domingo


Anderson Rodrigues
Do Diário do Grande ABC

25/06/2005 | 08:02


Pouco badalado, Edu Sales quer manter a boa fase na equipe titular do São Caetano. Contra o Brasiliense, entrou durante a partida e marcou o segundo gol da vitória (2 a 0). A atuação agradou a Estevam Soares, que deu uma chance para o atacante desde o início do jogo contra o Atlético-MG. Resultado? Outra vitória do Azulão, desta vez por 3 a 2. Diante disso, Edu se tornou o talismã do treinador e está confirmado para enfrentar o Santos domingo, às 16h, no Anacleto Campanella, pelo Campeonato Brasileiro.

\r\n\r\n

Para o jogo de domingo, diante do Peixe, Edu promete balançar a rede e uma nova comemoração. "Vou pensar, na concentração, em algo ainda mais diferente para sair da mesmice", disse o atacante, que formará o trio ofensivo ao lado de Jean e Dimba.

\r\n\r\n

 \r\n
Opções - No treino realizado sexta-feira pela manhã, no Anacleto Campanella, Estevam Soares manteve a equipe que passou pelo mineiro. Fábio Pinto, recuperado de lesão, treinou entre os reservas e deve ser opção para a partida de domingo. Canindé foi bem, agradou ao treinador, que pode mudar de idéia até a hora do jogo sobre a escalação da equipe. "O Canindé é uma boa opção pelo meio. Estou na dúvida", disse. Se Canindé ganhar a vaga, Edu será opção para o decorrer da partida - algo pouco provável.

\r\n\r\n

 \r\n
",1]);//-->Aos 27 anos e com passagens por União São João de Araras, Vitória-BA, Coritiba e futebol coreano, Edu vive seu melhor momento no São Caetano. O atacante defendeu o clube da região em 2001 e 2002, foi emprestado ao Coxa e retornou no início deste ano. Mas só agora teve a oportunidade de mostrar seu futebol. "Recentemente, não participava nem de coletivos, mas esperava por uma chance. E ela veio e aproveitei. Agora, contra o Santos, espero agarrá-la com força", promete.

O jogador fez seu primeiro gol neste Nacional contra o Brasiliense, dia 11, no Campanella. Um belo gol. Quando a partida estava 1 a 0, com gol de Thiago, Edu entrou no segundo tempo e definiu o placar ao receber uma bola num contra-ataque, driblar o goleiro e tocar para a rede. Na comemoração, correu para dentro do túnel que dá acesso ao vestiário dando tchau, seguido pelos companheiros. "Não foi nada planejado. Foi algo espontâneo e sem qualquer tipo de significado", disse, ao tentar explicar.

Para o jogo de domingo, diante do Peixe, Edu promete balançar a rede e uma nova comemoração. "Vou pensar, na concentração, em algo ainda mais diferente para sair da mesmice", disse o atacante, que formará o trio ofensivo ao lado de Jean e Dimba. 

Opções - No treino realizado sexta-feira pela manhã, no Anacleto Campanella, Estevam Soares manteve a equipe que passou pelo mineiro. Fábio Pinto, recuperado de lesão, treinou entre os reservas e deve ser opção para a partida de domingo. Canindé foi bem, agradou ao treinador, que pode mudar de idéia até a hora do jogo sobre a escalação da equipe. "O Canindé é uma boa opção pelo meio. Estou na dúvida", disse. Se Canindé ganhar a vaga, Edu será opção para o decorrer da partida - algo pouco provável. 

Ingressos - As entradas para esta partida já estão sendo vendidas no estádio, na sede do clube (rua Eduardo Prado, 8), na Latina Esportes (avenida Conde Francisco Matarazzo, 26), na Shalako Calçados (rua Visconde de Inhaúma, 1117) e na First Sports (rua Boa Vista, 562). Em São Paulo, os ingressos podem ser encontrados no Pacaembu, Morumbi, Canindé, Ginásio do Ibirapuera e Shopping Light. Domingo, a comercialização acontece somente no local da partida e até o intervalo.

A diretoria do Azulão mantém a promoção para crianças entre cinco e 12 anos, que não pagam ingresso na arquibancada descoberta se acompanhadas de um responsável. A arquibancada descoberta custa R$ 10 (R$ 5, meia). Na lateral coberta, o torcedor paga R$ 15 (R$ 7, meia) e, na cadeira coberta, R$ 20 (R$ 10, meia).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Talismã, Edu Sales quer agarrar chance no Azulão domingo

Anderson Rodrigues
Do Diário do Grande ABC

25/06/2005 | 08:02


Pouco badalado, Edu Sales quer manter a boa fase na equipe titular do São Caetano. Contra o Brasiliense, entrou durante a partida e marcou o segundo gol da vitória (2 a 0). A atuação agradou a Estevam Soares, que deu uma chance para o atacante desde o início do jogo contra o Atlético-MG. Resultado? Outra vitória do Azulão, desta vez por 3 a 2. Diante disso, Edu se tornou o talismã do treinador e está confirmado para enfrentar o Santos domingo, às 16h, no Anacleto Campanella, pelo Campeonato Brasileiro.

\r\n\r\n

Para o jogo de domingo, diante do Peixe, Edu promete balançar a rede e uma nova comemoração. "Vou pensar, na concentração, em algo ainda mais diferente para sair da mesmice", disse o atacante, que formará o trio ofensivo ao lado de Jean e Dimba.

\r\n\r\n

 \r\n
Opções - No treino realizado sexta-feira pela manhã, no Anacleto Campanella, Estevam Soares manteve a equipe que passou pelo mineiro. Fábio Pinto, recuperado de lesão, treinou entre os reservas e deve ser opção para a partida de domingo. Canindé foi bem, agradou ao treinador, que pode mudar de idéia até a hora do jogo sobre a escalação da equipe. "O Canindé é uma boa opção pelo meio. Estou na dúvida", disse. Se Canindé ganhar a vaga, Edu será opção para o decorrer da partida - algo pouco provável.

\r\n\r\n

 \r\n
",1]);//-->Aos 27 anos e com passagens por União São João de Araras, Vitória-BA, Coritiba e futebol coreano, Edu vive seu melhor momento no São Caetano. O atacante defendeu o clube da região em 2001 e 2002, foi emprestado ao Coxa e retornou no início deste ano. Mas só agora teve a oportunidade de mostrar seu futebol. "Recentemente, não participava nem de coletivos, mas esperava por uma chance. E ela veio e aproveitei. Agora, contra o Santos, espero agarrá-la com força", promete.

O jogador fez seu primeiro gol neste Nacional contra o Brasiliense, dia 11, no Campanella. Um belo gol. Quando a partida estava 1 a 0, com gol de Thiago, Edu entrou no segundo tempo e definiu o placar ao receber uma bola num contra-ataque, driblar o goleiro e tocar para a rede. Na comemoração, correu para dentro do túnel que dá acesso ao vestiário dando tchau, seguido pelos companheiros. "Não foi nada planejado. Foi algo espontâneo e sem qualquer tipo de significado", disse, ao tentar explicar.

Para o jogo de domingo, diante do Peixe, Edu promete balançar a rede e uma nova comemoração. "Vou pensar, na concentração, em algo ainda mais diferente para sair da mesmice", disse o atacante, que formará o trio ofensivo ao lado de Jean e Dimba. 

Opções - No treino realizado sexta-feira pela manhã, no Anacleto Campanella, Estevam Soares manteve a equipe que passou pelo mineiro. Fábio Pinto, recuperado de lesão, treinou entre os reservas e deve ser opção para a partida de domingo. Canindé foi bem, agradou ao treinador, que pode mudar de idéia até a hora do jogo sobre a escalação da equipe. "O Canindé é uma boa opção pelo meio. Estou na dúvida", disse. Se Canindé ganhar a vaga, Edu será opção para o decorrer da partida - algo pouco provável. 

Ingressos - As entradas para esta partida já estão sendo vendidas no estádio, na sede do clube (rua Eduardo Prado, 8), na Latina Esportes (avenida Conde Francisco Matarazzo, 26), na Shalako Calçados (rua Visconde de Inhaúma, 1117) e na First Sports (rua Boa Vista, 562). Em São Paulo, os ingressos podem ser encontrados no Pacaembu, Morumbi, Canindé, Ginásio do Ibirapuera e Shopping Light. Domingo, a comercialização acontece somente no local da partida e até o intervalo.

A diretoria do Azulão mantém a promoção para crianças entre cinco e 12 anos, que não pagam ingresso na arquibancada descoberta se acompanhadas de um responsável. A arquibancada descoberta custa R$ 10 (R$ 5, meia). Na lateral coberta, o torcedor paga R$ 15 (R$ 7, meia) e, na cadeira coberta, R$ 20 (R$ 10, meia).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;