Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 24 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Vizinhos criam vaquinha virtual para socorrer motorista de Santo André

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Severino Costa teve carro depenado em frente à sua casa, em Utinga


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

23/10/2020 | 00:01


Morador do bairro Utinga, em Santo André, há dez anos, o motorista de caminhão Severino Claudiano da Costa, 63 anos, sofreu duro golpe no último dia 10. Ele mora com a família em uma sobreloja e não tem onde guardar o carro, um Kadett, fabricado em 1994, que usa diariamente para ir até Guarulhos, onde trabalha, e deixa o veículo na rua. Durante a madrugada, porém, foi surpreendido por ladrões, que levaram tudo que puderam do automóvel, inclusive uma geladeira que o trabalhador usa para transportar insulina, já que é diabético. Sem rumo, a família tem sido amparada por vizinhos, que estão fazendo vaquinha na internet para ajuda-los.

Foram levados faróis, rodas, bateria, retrovisores, maçanetas, som, até o forro interno da porta e os bancos. Segundo a família, dois indivíduos em uma moto conseguiram subtrair os itens mais leves, mas eles acreditam que outro veículo tenha auxiliado na ação. “Quando vimos de cima eu gritei ainda para tentar espantar, mas eles já tinham levado tudo e só deixaram a carcaça do carro mesmo, não tinha o que fazer”, comenta a mulher de Severino, a dona de casa Vera Lúcia da Costa, 64.

Aos poucos, o motorista busca ajuda para comprar as peças roubadas. Até o momento, Severino conseguiu em um ferro-velho os pneus e os bancos, mas a parte elétrica segue toda parada. “Com certeza, já gastei R$ 1.600, mas o prejuízo foi mais de R$ 3.000. Só a minha geladeira custa R$ 800”, lamenta Severino.
O motorista divide as contas da casa com a filha, a operadora de caixa Claudia Aparecida, 38, já que Vera Lúcia está desempregada e o outro filho, Ailton Claudiano, 28, não pode trabalhar devido a trombose nas pernas. “Já não basta nossos problemas de todos os dias, ainda precisamos lutar por mais um problema”, lamenta Vera Lúcia.

Severino conta com ajuda de comerciantes da região e espera por doações. Os proprietários de uma imobiliária vizinha, Gabriel Martins e Rafaella Cazzoto, 22 e 21 anos, respectivamente, montaram uma vaquinha on-line para tentar arrecadar R$ 5.000. Até o momento, conseguiram R$ 900, dinheiro que já foi entregue ao motorista. “Ajudar ao próximo, de pouco em pouco, pode se fazer muito. Com R$ 5 na vida de quem precisa é muito coisa”, finaliza Gabriel. A vaquinha segue disponível no link http://vaka.me/1463078.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vizinhos criam vaquinha virtual para socorrer motorista de Santo André

Severino Costa teve carro depenado em frente à sua casa, em Utinga

Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

23/10/2020 | 00:01


Morador do bairro Utinga, em Santo André, há dez anos, o motorista de caminhão Severino Claudiano da Costa, 63 anos, sofreu duro golpe no último dia 10. Ele mora com a família em uma sobreloja e não tem onde guardar o carro, um Kadett, fabricado em 1994, que usa diariamente para ir até Guarulhos, onde trabalha, e deixa o veículo na rua. Durante a madrugada, porém, foi surpreendido por ladrões, que levaram tudo que puderam do automóvel, inclusive uma geladeira que o trabalhador usa para transportar insulina, já que é diabético. Sem rumo, a família tem sido amparada por vizinhos, que estão fazendo vaquinha na internet para ajuda-los.

Foram levados faróis, rodas, bateria, retrovisores, maçanetas, som, até o forro interno da porta e os bancos. Segundo a família, dois indivíduos em uma moto conseguiram subtrair os itens mais leves, mas eles acreditam que outro veículo tenha auxiliado na ação. “Quando vimos de cima eu gritei ainda para tentar espantar, mas eles já tinham levado tudo e só deixaram a carcaça do carro mesmo, não tinha o que fazer”, comenta a mulher de Severino, a dona de casa Vera Lúcia da Costa, 64.

Aos poucos, o motorista busca ajuda para comprar as peças roubadas. Até o momento, Severino conseguiu em um ferro-velho os pneus e os bancos, mas a parte elétrica segue toda parada. “Com certeza, já gastei R$ 1.600, mas o prejuízo foi mais de R$ 3.000. Só a minha geladeira custa R$ 800”, lamenta Severino.
O motorista divide as contas da casa com a filha, a operadora de caixa Claudia Aparecida, 38, já que Vera Lúcia está desempregada e o outro filho, Ailton Claudiano, 28, não pode trabalhar devido a trombose nas pernas. “Já não basta nossos problemas de todos os dias, ainda precisamos lutar por mais um problema”, lamenta Vera Lúcia.

Severino conta com ajuda de comerciantes da região e espera por doações. Os proprietários de uma imobiliária vizinha, Gabriel Martins e Rafaella Cazzoto, 22 e 21 anos, respectivamente, montaram uma vaquinha on-line para tentar arrecadar R$ 5.000. Até o momento, conseguiram R$ 900, dinheiro que já foi entregue ao motorista. “Ajudar ao próximo, de pouco em pouco, pode se fazer muito. Com R$ 5 na vida de quem precisa é muito coisa”, finaliza Gabriel. A vaquinha segue disponível no link http://vaka.me/1463078.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;