Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Lacração de bombas de combustível cresce 74% em um ano


Bruno Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

14/07/2007 | 07:01


O Ipem (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo) registrou aumento de 74% de lacração de bombas de combustível irregulares neste semestre na região. Foram 47 casos, contra 27 no mesmo período do ano passado. A adulteração foi encontrada em 20 postos, de um total de 390.

O consumidor que abastecia com essas bombas levava menos combustível do total que aparecia nos visores das máquinas. Outras irregularidades foram constatadas, como quebra dos lacres do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia e Normatização e Qualidade Industrial) e do Ipem, que possibilitavam a fraude.

Segundo o fiscal Silvio Gomes, do Ipem, o aumento de autuações por adulteração em bombas está diretamente ligado às mulltas para quem vende combustível batizado. A legislação tem ficado mais rigorosa a cada ano para quem vende gasolina e álcool impróprios, e os proprietários buscam novas alternativas para aumentar o lucro.

Em um posto sem bandeira autuado pelo Ipem no Centro de São Caetano, na semana passada, uma das bombas apresentava perda de 10% de combustível.

Nos casos onde as irregularidades são encontradas, as máquinas são confiscadas e o estabelecimento é multado em até R$ 50 mil. Porém, o Ipem não tem o poder de fechar o comércio, que continua funcionando com as bombas regulares.

Segundo o diretor do Ipem de Santo André, Maurício Caramelo, todos os postos da região são fiscalizados pelo menos duas vezes por ano, de forma aleatória.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;