Fechar
Publicidade

Domingo, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Vaga na decisão embala o Banespa


Kati Dias
Do Diário do Grande ABC

15/11/2005 | 08:51


O Banespa/ Mastercard/ São Bernardo encara o Pinheiros/ Telemig, às 20h, no ginásio Poliesportivo (avenida Kennedy, 1.125) em busca de uma vaga na decisão do Campeonato Paulista de Vôlei Masculino. Pelo feminino, o Brasil Telecom/ São Bernardo enfrenta o Pinheiros/ Blue Life, quarta, às 20h30, na Capital, enquanto o São Caetano/ Mon Bijou joga contra o Finasa/ Osasco, também às 20h30, em Osasco.

Apesar de o atual campeão paulista contar com o bom retrospecto em casa (sete vitórias no Estadual), o time sabe que o adversário virá com tudo para avançar pela primeira vez à final do Paulista – o confronto semifinal está empatado em 1 a 1. Entretanto, o Pinheiros não vai contar com o seu principal jogador, o atacante Samuel Fuchs, que se reapresentou ao técnico Bernardinho na segunda. Além dele, Ezinho, da Unisul, são os únicos jogadores que atuam no Brasil que disputarão a Copa dos Campeões, que acontecerá no final deste mês no Japão.

“Sem dúvida, a ausência de Samuel poderá auxiliar o Banespa. Mas não posso esquecer que o Pinheiros tem um grupo muito forte. Tenho certeza que o Jon Uriart (técnico da equipe adversária) encontrará uma forma de minimizar a saída do jogador”, disse o técnico Mauro Grasso.

O atacante Leandrão concorda com o técnico, porém, acha que o Pinheiros manterá a base ofensiva. “O Samuel é diferenciado, mas não posso dizer que ele é a alma do Pinheiros. O time tem condições de nos superar sem ele”, disse.

Caçula – O crescimento de Samuel, 20 anos, no Paulista, pode ser atribuído ao técnico Bernardinho. O atleta, que na temporada passada atuou como oposto, foi transformado em um ponteiro passador. “Esta é uma das posições mais carentes da seleção e tenho certeza de que o Samuel vai se adaptar”, explicou Bernardinho, quando efetuou a mudança na Liga Mundial.

Além de atacar, o jogador tem a função de auxiliar o levantador no passe, como ex-capitão Nalbert. Com o afastamento de Roberto Minuzzi, responsável pela posição no Pinheiros/ Minas em virtude de uma cirurgia cardíaca, Samuel foi improvisado na função e passou a ditar o jogo de sua equipe.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vaga na decisão embala o Banespa

Kati Dias
Do Diário do Grande ABC

15/11/2005 | 08:51


O Banespa/ Mastercard/ São Bernardo encara o Pinheiros/ Telemig, às 20h, no ginásio Poliesportivo (avenida Kennedy, 1.125) em busca de uma vaga na decisão do Campeonato Paulista de Vôlei Masculino. Pelo feminino, o Brasil Telecom/ São Bernardo enfrenta o Pinheiros/ Blue Life, quarta, às 20h30, na Capital, enquanto o São Caetano/ Mon Bijou joga contra o Finasa/ Osasco, também às 20h30, em Osasco.

Apesar de o atual campeão paulista contar com o bom retrospecto em casa (sete vitórias no Estadual), o time sabe que o adversário virá com tudo para avançar pela primeira vez à final do Paulista – o confronto semifinal está empatado em 1 a 1. Entretanto, o Pinheiros não vai contar com o seu principal jogador, o atacante Samuel Fuchs, que se reapresentou ao técnico Bernardinho na segunda. Além dele, Ezinho, da Unisul, são os únicos jogadores que atuam no Brasil que disputarão a Copa dos Campeões, que acontecerá no final deste mês no Japão.

“Sem dúvida, a ausência de Samuel poderá auxiliar o Banespa. Mas não posso esquecer que o Pinheiros tem um grupo muito forte. Tenho certeza que o Jon Uriart (técnico da equipe adversária) encontrará uma forma de minimizar a saída do jogador”, disse o técnico Mauro Grasso.

O atacante Leandrão concorda com o técnico, porém, acha que o Pinheiros manterá a base ofensiva. “O Samuel é diferenciado, mas não posso dizer que ele é a alma do Pinheiros. O time tem condições de nos superar sem ele”, disse.

Caçula – O crescimento de Samuel, 20 anos, no Paulista, pode ser atribuído ao técnico Bernardinho. O atleta, que na temporada passada atuou como oposto, foi transformado em um ponteiro passador. “Esta é uma das posições mais carentes da seleção e tenho certeza de que o Samuel vai se adaptar”, explicou Bernardinho, quando efetuou a mudança na Liga Mundial.

Além de atacar, o jogador tem a função de auxiliar o levantador no passe, como ex-capitão Nalbert. Com o afastamento de Roberto Minuzzi, responsável pela posição no Pinheiros/ Minas em virtude de uma cirurgia cardíaca, Samuel foi improvisado na função e passou a ditar o jogo de sua equipe.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;