Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Corinthians encara guerra no Beira-Rio contra o Internacional

Acusações de favorecimento esquentam a decisão
da Copa do Brasil contra o Inter, hoje, no Sul


Nelson Cilo
Com Agências

01/07/2009 | 12:04


Guerra é guerra. A troca de acusações iniciadas pelo Inter, que denuncia supostos favorecimentos das arbitragens ao Corinthians, é um dos ingredientes da finalíssima da Copa do Brasil, às 21h50 de hoje, no Estádio Beira-Rio.

Os paulistas, beneficiados pelos 2 a 0 no primeiro confronto, podem perder pela diferença de um gol. Ou até dois, desde que marquem pelo menos um para comemorar a terceira conquista no torneio, como aconteceu nas decisões de 1995 e 2002. O campeão leva prêmio de mais R$ 2 milhões (cada um já antecipou R$ 1,2 milhão) e assegura vaga na Libertadores de 2010. Caberá ao vice R$ 1 milhão.

Ao divulgar um dossiê que expõe imagens de alguns eventuais benefícios aos paulistas, o Inter esquentou ainda mais a briga pelo título. "Todo mundo se viu obrigado a comentar e ver as cenas incontestáveis. O Corinthians parece uma vaca sagrada no futebol nacional. Não se pode falar nada que o clube logo reage", ironizou o vice-presidente de futebol do Inter, Fernando Carvalho, ao referir-se ontem aos contra-ataques às críticas desferidas pelos gaúchos.

O atacante Ronaldo admite que o cartola usou a estratégia de quem pretende apenas aparecer na mídia. "O Ronaldo tem mais é que jogar, o que ele é muito bom. No meu caso, faço a minha parte. Só defendo nossos interesses", respondeu.

No Corinthians, o técnico Mano Menezes recorre à habitual diplomacia na tentativa de neutralizar as provocações. "Não podemos nos preocupar. Eles querem desviar o foco. Não vamos entrar nessa. Erros ocorrem para os dois lados", afirmou.

A escalação do Corinthians estava em um suposto rascunho do treinador, que aproveitou para cutucar o dirigente. "Não acreditem nisso. É possível que a letra seja do Fernando (Carvalho)", zombou Mano.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;