Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 8 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

PM é baleado após discussão na rua

Confusão começou por insistência de homem em fumar maconha na sua frente


Rafael Ribeiro
do Diário do Grande ABC

27/02/2013 | 07:00


Um soldado da Polícia Militar, de 22 anos, foi baleado na perna direita durante discussão com um homem não identificado em rua do Jardim Canadá, em Mauá, na noite de segunda-feira.

Segundo informações de testemunhas, o policial estava à paisana na via, perto da casa onde mora, e conversava com três amigos quando o suspeito se aproximou com um comparsa. O homem teria dito que iria fumar um cigarro de maconha. Diante do protesto do soldado, ele sacou uma pistola e lhe deu uma coronhada na cabeça.

Os amigos que acompanhavam o policial correram no momento em que o suspeito sacou a arma. Eles escutaram os disparos à distância.

Acionados, os policiais militares que atenderam a ocorrência encontraram o soldado caído e ferido. Socorrido primeiramente ao Hospital Nardini, foi transferido para o Hospital São Bernardo, onde foi constatado que a bala perfurou a perna.

Seu estado era estável e ele seguia internado para observação. Ainda não há informações sobre as possíveis sequelas que o ferimento pode causar.

Também não há pistas do autor e seu comparsa. As testemunhas o identificaram como um homem branco, de cerca de 1,75 metros de altura. O caso será investigado pelo 3º DP (Vila São José) da cidade.

HOMICÍDIO

Por volta das 14h de ontem, o pintor Marcelo Bonilho de Godoy, 37, foi executado com pelo menos cinco tiros enquanto caminhava na Avenida Andrade Neves, na Vila Helena, em Santo André.

Segundo o registro da ocorrência, feito no 3º DP (Vila Pires) da cidade, a ação durou menos de cinco minutos e o crime contou com a participação de pelo menos dois suspeitos.

Não há informações sobre os autores, nem do veículo que usaram. Está descartada a possibilidade de ser uma tentativa de assalto, visto que o pintor, que trabalhava em oficina mecânica próxima ao local, foi encontrado com seus pertences, tais como celular, documento do carro e R$ 17 em dinheiro. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios da Seccional andreense.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;