Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

No site do Diário, um sobrevôo em São Bernardo

O fotógrafo Beltran Asêncio é o convidado de hoje do quadro Grande ABC Memória, do Diário OnLine.


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

17/07/2009 | 00:00


O fotógrafo Beltran Asêncio é o convidado de hoje do quadro Grande ABC Memória, do Diário OnLine. Ele vai nos mostrar as fotos aéreas que fez em 1968 quando sobrevoou São Bernardo num avião pilotado pelo seu conterrâneo, Alcides Vertematti. Fotos como a que publicamos hoje.

Aqui, Beltran mostra o Jardim do Mar por inteiro, o Cemitério de Vila Euclides, um bom trecho da Avenida Lucas Nogueira. Reparem que há um quarteirão inteiro vazio desta via. Ali está hoje a igreja da Santíssima Virgem, obra do padre Mário Balestra tocada há pelo menos 30 anos pelo frei Sebastião Benito Quaglio.

Temos à esquerda a Avenida Senador Vergueiro, antiga Estrada do Vergueiro. Claro, em 1968 não existia o Shopping Metrópole. Mas havia espaço suficiente para dois campos de futebol (que estão na foto), mais o campo do Vila Baeta FC, que por pouco não aparece também.

A Praça Samuel Sabatini era menor - seria ampliada quando da conclusão do Centro Cívico do Paço Municipal e da Câmara, ainda em obras em 1968.

Procurem e reconheçam o Hospital São Bernardo e o Estúdio 5 da Companhia Cinematográfica Vera Cruz. Observem as árvores plantadas ao longo da avenida de acesso ao cemitério. São Bernardo plantava árvores em 1968... É possível observar a indústria Elni, toda moderna.

Fica uma dica aos professores das escolas da área: ampliem a foto e façam com os seus alunos o exercício de localização de cada rua. As do Jardim do Mar tem nomes de mares e oceanos até hoje.

Memória na Internet - Programa 5: a São Bernardo de 1968. Entrevistado: Beltran Asêncio; editor do Diário OnLine, Marcelo Ruiz; imagens e edição, Eduardo Donato; apresentação, Ademir Medici. Acesse: www.dgabc.com.br; depois, clique vídeos e Grande ABC Memória.

ALMANAQUE

José Cabral de Almeida Amazonas.

Nascimento: Santos (SP), 17 de julho de 1918.

Vereador: 1952 a 1955; 1964 a 1967.

Deputado estadual: 1967 a 1970.

Vice-prefeito: 1983 a 1988.

Partidos: UDN, PTN e MDB.

Falecimento: São Paulo, 4 de março de 1995.

Presidente da Câmara Municipal de Santo André em 1953 e no biênio 1965-1966. Veio menino para Santo André. Foi oficial efetivo da FAB e chegou à patente de primeiro-tenente. Advogado, trabalhou na Varan Motores, em São Bernardo, e na Cofap, em Santo André.

DIÁRIO HÁ 30 ANOS

Terça-feira, 17 de julho de 1979

Manchete - Situação da Nicarágua pode ter desfecho hoje

Política - Sarney (senador e presidente nacional da Arena) pretende dialogar com MDB sobre partidos.

Anistia - Comitê Brasileiro de Anistia, núcleo do Grande ABC, pede que a anistia seja ampla, geral e irrestrita.

Editorial - A crítica justa não tem partidarismo

Polo - ICM da Petroquímica dá 100 milhões para Mauá.

Primeiro Plano - Depois da saída de Júlio Pinheiro, pseudônimo do jornalista Hermano Pini Filho, a coluna passou a ser publicada sem o nome do autor.

Meio Ambiente - Com a nomeação do empresário Marcel Preotesco, de São Bernardo, à presidência da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental), o redator de Primeiro Plano escrevia: "agora é a vez de voltar atenções para o Grande ABC. Depois o alvo - comenta-se - será Campinas".

Futebol - Jogos de domingo pela Intermediária envolvendo times locais: no clássico do Bruno Daniel, Santo André 2, Saad, de São Caetano 0; em Taubaté, Taubaté 1, Aliança, de São Bernardo, 0.

Polícia - Bola Sete é preso em São Bernardo.

EM 17 DE JULHO DE...

1934 - Getúlio Vargas, que havia governado o Brasil como ditador, é eleito pela Assembleia Constituinte para o cargo de presidente da República.

1969 - Nave Apolo 11 atinge metade do percurso em direção à Lua.

- Alfredo Rodrigues falece em São Caetano; por duas vezes foi vereador na cidade.

HOJE

Dia do Protetor da Floresta. Ou: Dia da Proteção das Florestas.

SANTOS DO DIA

Aleixo, Inácio de Azevedo e Marcelina.

Crônica do Guido

Texto: Guido Fidelis

Manhã sombria, deuses derramam lágrimas, prédios são fantasmas cinzentos, carros demônios cospem enxurradas nos transeuntes. Mas a vida palpita, é preciso chegar, sempre há um destino adiante, compromissos, correria, trabalho. No balaio do dia a dia sempre há lugar para mais uma tarefa e muitos sorrisos à espera do sol que foi beber água e acena com breve retorno.

Com qualquer tempo, em qualquer lugar, alegria, um bom dia, mesmo que seja dedicado às fantasias.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;