Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Tricolor sela paz entre Carpegiani e Rivaldo


Das Agências

17/05/2011 | 07:01


O presidente Juvenal Juvêncio voltou atrás na pretensão de mandar Paulo César Carpegiani embora do São Paulo. A reunião de ontem serviu para esclarecer as divergências que elevaram o termômetro no ambiente.

Ontem, o dirigente resolveu mantê-lo. Ainda colocou um basta na troca de farpas entre Rivaldo e o comandante nas entrevistas ocorridas logo depois do tropeço diante do Avaí pela Copa do Brasil. Antes, o time havia sido eliminado pelo Santos no Paulistão. Os três principais personagens da crise participaram da conversa reservada que, pelo menos aparentemente, ajudou a selar a paz.

A exemplo de Carpegiani, o jogador fica no Morumbi, mas o clube decidiu aplicar multa de 10% no salário do ex-melhor do mundo.

Apesar do atual desfecho,há quem interprete o desdobramento como gesto meramente conveniente. Às vésperas do início do Brasileirão, Juvêncio teria encontrado muitas dificuldades para buscar o substituto de Carpegiani. Entre eles, Cuca (Cruzeiro) e Dorival Júnior (Atlético-MG). Os dois teriam sido consultados, mas recusado as respectivas propostas.

Na coletiva de ontem à tarde, ele contou que as críticas de Rivaldo não chegaram a incomodá-lo. Só admitiu que o meia às vezes exagera ao reivindicar a posição. "Cada um fala o que quer. Sempre dou direito a cobranças, mas acho que tem hora para tudo no futebol", afirmou.

Além disso, Carpegiani garantiu que o relacionamento de ambos não sofrerá maiores abalos. Referiu-se às ofensas ao camisa dez, que ‘não teria caráter', "Já me desculpei. Me sinto seguro aqui, Sou experiente", disse.

Rivaldo, tão diplomático quanto Carpegiani, apaziguou os ânimos. "Não me arrependo. E se magoei peço desculpas. Não ofendi ninguém. Não quis desmerecer o treinador, só queria ajudar o São Paulo".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;