Fechar
Publicidade

Sábado, 6 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Garrafas de Budweiser sao retiradas do mercado


Do Diário do Grande ABC

02/09/1999 | 12:01


Quase seis milhoes de garrafas de cerveja Budweiser estao sendo retiradas de venda em 12 países europeus porque podem quebrar ao serem destampadas, informou nesta quinta-feira a empresa. O recolhimento das garrafas à venda começou ontem na Espanha, Portugal, Dinamarca, Suécia, Chipre, Malta, Bélgica, Holanda, Letônia, Alemanha, Suíça e França.

As 5,8 milhoes de garrafas foram fabricadas na Espanha ou Portugal e abastecidas na cervejaria espanhola da empresa, segundo o gerente europeu de Anheuser-Busch, William McNulty.

A empresa explicou que o bico das garrafas é um pouco maior do que o indicado, o que representa um risco de que se rompa ao ser aberta a tampinha. Ele disse que a empresa somente se deu conta do problema ao receber queixas dos clientes.

Os 12 países afetados representam 6% das vendas da empresa na Europa, que estao concentradas na Gra-Bretanha e na Irlanda, disse McNulty. As garrafas retiradas representam menos de 0,3% das vendas na Europa.

As garrafas vendidas na Irlanda, Grécia e Itália nao foram recolhidas. Tampouco foram afetadas as garrafas fabricadas na Gra-Bretanha, mas foi retirada de venda uma pequena quantidade das importadas da Espanha, segundo a empresa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Garrafas de Budweiser sao retiradas do mercado

Do Diário do Grande ABC

02/09/1999 | 12:01


Quase seis milhoes de garrafas de cerveja Budweiser estao sendo retiradas de venda em 12 países europeus porque podem quebrar ao serem destampadas, informou nesta quinta-feira a empresa. O recolhimento das garrafas à venda começou ontem na Espanha, Portugal, Dinamarca, Suécia, Chipre, Malta, Bélgica, Holanda, Letônia, Alemanha, Suíça e França.

As 5,8 milhoes de garrafas foram fabricadas na Espanha ou Portugal e abastecidas na cervejaria espanhola da empresa, segundo o gerente europeu de Anheuser-Busch, William McNulty.

A empresa explicou que o bico das garrafas é um pouco maior do que o indicado, o que representa um risco de que se rompa ao ser aberta a tampinha. Ele disse que a empresa somente se deu conta do problema ao receber queixas dos clientes.

Os 12 países afetados representam 6% das vendas da empresa na Europa, que estao concentradas na Gra-Bretanha e na Irlanda, disse McNulty. As garrafas retiradas representam menos de 0,3% das vendas na Europa.

As garrafas vendidas na Irlanda, Grécia e Itália nao foram recolhidas. Tampouco foram afetadas as garrafas fabricadas na Gra-Bretanha, mas foi retirada de venda uma pequena quantidade das importadas da Espanha, segundo a empresa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;