Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Timão e Verdão duelam
pela ponta do Paulista

Rivais se enfrentam neste domingo, às 16h, no Pacaembu;
os dois treinadores moldaram suas equipes as suas feições



25/03/2012 | 06:30


É comum no futebol afirmar que em clássicos não existe favoritismo. Esse Corinthians e Palmeiras deste domingo ilustra bem essa tese. O jogo entre os dois rivais, às 16 horas, no Pacaembu, coloca frente a frente duas equipes que muito têm em comum neste início de temporada. E possuem apenas uma diferença gritante: o ataque.

Os dois treinadores, Tite e Felipão, conhecem bem os elencos que têm em mãos e moldaram suas equipes as suas feições. Apesar das diferenças de estilos, Corinthians e Palmeiras são times aguerridos, que privilegiam a marcação e têm defesas sólidas.

Essa receita levou os times a disputar a liderança do Campeonato Paulista palmo a palmo. O Palmeiras é o único invicto na competição e tem 32 pontos, enquanto o Corinthians perdeu um jogo só - contra o Santos e atuando com reservas - e vem logo atrás, com 31 pontos.

Os dois rivais chegam embalados por vitórias na quarta-feira. O Palmeiras bateu o Coruripe na Copa do Brasil, enquanto o Corinthians praticamente selou sua classificação na Libertadores vencendo o Cruz Azul. Clássico mais que valorizado, as equipes vão jogar com o que têm de melhor, salvo a exclusão do palmeirense Danilo Carvalho, por contusão, e do corintiano Alex, vetado de última hora pelos médicos por causa de lesão.

"Os dois times estão em um grande momento, talvez seja o melhor clássico (recente)", disse Tite. Artilheiro do Palmeiras, a sensação Barcos já se deu conta da importância do jogo e também espera um partida vibrante. "Acredito que será um jogo lindo, como foi contra o São Paulo, de muitos gols e equilíbrio", afirmou o atacante.

PODER DE FOGO - Mas só existem semelhanças entre Corinthians e Palmeiras neste momento da temporada? Não. Muito pelo contrário. Há um diferença gritante entre os dois: o ataque. O time de Felipão, quem diria, faz gols como nunca, graças à boa fase que vive e ao efeito Barcos, que marcou nove gols em 11 jogos - contra o São Paulo, em seu primeiro clássico, o argentino fez dois no empate de 3 a 3. "Marcar em jogos importantes é melhor ainda, espero continuar fazendo isso", afirmou.

O Palmeiras tem, ao lado do São Paulo, o melhor ataque do Paulistão, com 32 gols. Além disso, hoje nem é tão mais dependente do volante Marcos Assunção, especialista na bola parada, como era há pouco tempo.

O Corinthians de Tite perdeu a embocadura pelos gols, mesmo tendo vários atacantes de bom nível, casos de Liedson, Emerson, Jorge Henrique e Elton. O time tem jogado bem, pressiona bastante o adversário, mas vence suas partidas por vitórias magras e apertadas. No Paulistão, foram apenas 19 gols em 14 partidas.

Essa é hoje a maior deficiência do Corinthians e virou um assunto que tem irritado Tite. "Essa história de só 1 a 0 tá ficando chato", disse o técnico, após a vitória por 1 a 0 sobre o Cruz Azul. Na sexta-feira, já mais calmo, ele foi ao ponto central: "A eficiência é importante e precisamos ser mais eficientes, mas teremos jogos que criaremos menos que contra o Cruz Azul e marcaremos mais gols."

Felipão aposta muito no retorno do meia chileno Valdivia ao time, após cumprir suspensão na Copa do Brasil, dando a ele total liberdade para criar jogadas e deixar Maikon Leite e Barcos em boas condições no ataque. Assim, o Palmeiras espera ganhar o jogo. Além deles, o lateral-esquerdo Juninho vem bem e se tornou uma importante arma pelo lado esquerdo. Sem contar Marcos Assunção, que continua mortal na bola parada.

Tite tem ao seu favor o entrosamento do meio-de-campo corintiano. Mas Alex sentiu dores na coxa direita e está fora do clássico. Assim, Emerson deve entrar no lugar do meia, o que garante a permanência do atacante Liedson, mesmo com o jejum de gols, no time titular.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;