Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Eleita melhor música, 'Inútil' é a cara do País nos anos 1980


Dojival Filho
Do Diário do Grande ABC

17/07/2009 | 07:00


No início dos anos 1980, os brasileiros viviam o processo de redemocratização do País, após duas décadas de regime militar. Entretanto, ainda não podiam escolher o presidente da República. Repleta de craques, entre eles Zico e Sócrates, a seleção de futebol jogou bonito, mas foi eliminada na Copa do Mundo de 1982, na Espanha.

Foi nesse contexto que o cantor e compositor paulistano Roger Rocha Moreira, da banda Ultraje a Rigor, compôs Inútil, eleita melhor música do rock nacional em todos os tempos, segundo enquete promovida pelo Diário com 80 músicos. "Tinha voltado dos Estados Unidos, onde morei de 1979 a 1980. O pessoal que sempre morou aqui não tem noção do que é viver em uma democracia plena. Naquele tempo, o Brasil estava em uma fase de abertura política, no fim da ditadura, e havia a campanha Diretas Já!", relembra Roger.

LETRA E MÚSICA - O refrão foi o ponto de partida para a composição da letra de Inútil. Em princípio, Roger cantarolou uma frase em inglês que tinha sonoridade similar ao título da música (why don't you?). Além das citações políticas, o autor misturou referências pessoais e do universo esportivo (presentes no verso "a gente joga bola e não consegue ganhar").

"O Brasil perdeu a Copa, com um time ótimo, e perdeu o restinho de orgulho que a gente tinha. Na época, o Leospa, nosso baterista, trabalhava como arquiteto e tinha cliente que falava: ‘A gente somos, a gente fomos'. Meu pai também costuma dizer: ‘Seu inútil'. Enfim, foi tudo isso junto", explica o compositor.

Pontuada pelo riff marcante do ex-guitarrista do Ira! Edgard Scandurra, que integrou a primeira formação do Ultraje, a melodia de Inútil tem apenas dois acordes: mi e sol. "Ela é supersimples de propósito, para ser uma coisa bem inútil mesmo. Pedi para o Edgard fazer um riff no começo da música e ele fez na hora."



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;