Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 9 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Corinthians goleia e faz as pazes com a torcida


Do Diário do Grande ABC

16/09/1999 | 23:50


O Corinthians nem precisou de uma grande exibiçao para golear o Grêmio por 4 a 1, nesta quinta-feira, no Pacaembu, resultado que deixa o time numa ótima situaçao no Grupo B da Copa Mercosul. O time passa a ter 7 pontos ganhos, contra 8 do líder Grêmio, que tem um jogo a mais. O time do Parque Sao Jorge depende de duas vitórias, contra o Independiente (dia 28, em Buenos Aires) e o Vélez (dia 5, no Pacaembu), para garantir a classificaçao à próxima fase do torneio.

Um gol logo no início era tudo o que o Corinthians precisava para conseguir uma vitória folgada. Na primeira vez que foi com perigo ao ataque, aos 10 minutos, o time marcou. Luizao fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Fernando Baiano, que se antecipou para desviar para as redes.

O time paulista, porém, logo passou a mostrar muitos erros no setor defensivo. O lateral-esquerdo Augusto era marcado pela torcida, mas os principais problemas estavam do outro lado, entre César Prates e Joao Carlos, que atuava muito mal. Aos 16 minutos, o Grêmio acertou duas bolas seguidas na trave.

O Corinthians só melhorou a partir dos 20 minutos, quando Marcelinho assumiu a responsabilidade e, em 8 minutos, fez quatro finalizaçoes perigosas ao gol.

Marcelinho foi premiado aos 38 minutos. Cobrou falta com perfeiçao no lado direito, colocando no canto direito de Danrlei que tentou adivinhar o canto e se deu mal. "Ele sempre sai antes e consegui pegá-lo no contra-pé'', disse Marcelinho.

O Grêmio descontou aos 43, com Ronaldinho, que pouco fazia até entao. Após desvio de cabeça de Scheidt, ele completou para o gol, com categoria.

O nível técnico da partida caiu muito no segundo tempo. O Corinthians sentiu mais as ausências de Ricardinho e Edílson. Celso Roth tentou deixar o Grêmio mais ofensivo com Zé Alcino e Macedo.

Mas o time continuava dependendo da criatividade de Ronaldinho, que era muito bem marcado por Rincón. O Corinthians definiu a partida aos 28 minutos, num lance de rara beleza. Marcelinho lançou Luizao, que tocou por cobertura, na saída de Danrlei: 3 a 1. O time ainda teve tempo de fazer o quarto gol, aos 34, com Fernando Baiano e, se forçasse, faria mais ainda.

O diretor de Futebol José Roberto Guimaraes informou nesta quinta-feira que o Corinthians nao recebeu qualquer proposta do Manchester United pelo passe do volante Vampeta. Ele adiantou que o clube nao negociará nenhum atleta antes do Mundial de Clubes, em janeiro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Corinthians goleia e faz as pazes com a torcida

Do Diário do Grande ABC

16/09/1999 | 23:50


O Corinthians nem precisou de uma grande exibiçao para golear o Grêmio por 4 a 1, nesta quinta-feira, no Pacaembu, resultado que deixa o time numa ótima situaçao no Grupo B da Copa Mercosul. O time passa a ter 7 pontos ganhos, contra 8 do líder Grêmio, que tem um jogo a mais. O time do Parque Sao Jorge depende de duas vitórias, contra o Independiente (dia 28, em Buenos Aires) e o Vélez (dia 5, no Pacaembu), para garantir a classificaçao à próxima fase do torneio.

Um gol logo no início era tudo o que o Corinthians precisava para conseguir uma vitória folgada. Na primeira vez que foi com perigo ao ataque, aos 10 minutos, o time marcou. Luizao fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Fernando Baiano, que se antecipou para desviar para as redes.

O time paulista, porém, logo passou a mostrar muitos erros no setor defensivo. O lateral-esquerdo Augusto era marcado pela torcida, mas os principais problemas estavam do outro lado, entre César Prates e Joao Carlos, que atuava muito mal. Aos 16 minutos, o Grêmio acertou duas bolas seguidas na trave.

O Corinthians só melhorou a partir dos 20 minutos, quando Marcelinho assumiu a responsabilidade e, em 8 minutos, fez quatro finalizaçoes perigosas ao gol.

Marcelinho foi premiado aos 38 minutos. Cobrou falta com perfeiçao no lado direito, colocando no canto direito de Danrlei que tentou adivinhar o canto e se deu mal. "Ele sempre sai antes e consegui pegá-lo no contra-pé'', disse Marcelinho.

O Grêmio descontou aos 43, com Ronaldinho, que pouco fazia até entao. Após desvio de cabeça de Scheidt, ele completou para o gol, com categoria.

O nível técnico da partida caiu muito no segundo tempo. O Corinthians sentiu mais as ausências de Ricardinho e Edílson. Celso Roth tentou deixar o Grêmio mais ofensivo com Zé Alcino e Macedo.

Mas o time continuava dependendo da criatividade de Ronaldinho, que era muito bem marcado por Rincón. O Corinthians definiu a partida aos 28 minutos, num lance de rara beleza. Marcelinho lançou Luizao, que tocou por cobertura, na saída de Danrlei: 3 a 1. O time ainda teve tempo de fazer o quarto gol, aos 34, com Fernando Baiano e, se forçasse, faria mais ainda.

O diretor de Futebol José Roberto Guimaraes informou nesta quinta-feira que o Corinthians nao recebeu qualquer proposta do Manchester United pelo passe do volante Vampeta. Ele adiantou que o clube nao negociará nenhum atleta antes do Mundial de Clubes, em janeiro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;