Cena Política

Miriam Belchior vira alternativa andreense


Enquanto lambe suas feridas e se organiza para a eleição de 2018, o PT de Santo André começa a coletar opiniões a respeito de 2020. Depois da derrota de Carlos Grana (PT) no segundo turno para Paulo Serra (PSDB) por larga margem de diferença, a sigla ainda segue sem nomes projetados para a próxima disputa municipal. Eduardo Leite, vereador em segundo mandato, virá candidato a deputado federal, até como forma de potencializar sua imagem pela cidade. Mas começa a ganhar corpo a defesa pelo nome da ex-ministra Miriam Belchior. Hoje, Miriam está na Bahia, trabalhando no Nordeste. Para alguns militantes, seria a única capaz de enfrentar de igual para igual a máquina pública sob comando de Paulo Serra. Miriam foi ministra de Planejamento, presidente da Caixa Econômica Federal, mas também trabalhou como secretária nos governos andreenses de Celso Daniel (morto em 2002), de quem foi namorada.

Resposta
O presidente da Câmara de Mauá, Admir Jacomussi (PRP), rebateu as reclamações de alguns vereadores que se disseram surpresos com o envio, por parte do governo Atila Jacomussi (PSB), na terça-feira, do projeto que reajusta a PGV (Planta Genérica de Valores), base para cálculo do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). O texto foi retirado da pauta por falta de consenso. “O prefeito, em respeito aos vereadores, entendeu que o projeto demanda maior discussão. Porém, houve sim um debate inicial com os vereadores e os técnicos da Prefeitura sobre o projeto na reunião da base governista, na manhã de terça-feira. É que nem todo mundo estava presente.”

Lembrem de mim
Ex-vereador e ex-secretário de Educação em São Bernardo, Admir Ferro (PTB) está disposto mesmo a voltar à retina dos eleitores da cidade. O petebista espalhou diversos outdoors pelo município parabenizando as crianças, cujo dia foi celebrado ontem, e os professores, cuja data comemorativa é domingo. Ferro pretende ser candidato a deputado estadual no ano que vem.

Claudinho e o PT
Voltaram os boatos de que Claudinho da Geladeira, prefeiturável do PT em Rio Grande da Serra em 2012 e 2016, pode deixar o petismo. Seu destino seria o PTB ou o PDT, com objetivo de lançar candidatura a deputado estadual. Entretanto, Claudinho esteve presente em uma atividade para arrecadar fundos organizada pelo diretório do partido na cidade e sua mesa era, de longe, a mais movimentada.

Licença
Secretário de Gestão Financeira no governo de Paulo Serra (PSDB) em Santo André, José Grecco tirou licença não remunerada por uma semana. Durante esse período, a Pasta será administrada por Leandro Petrin, responsável pela Unidade de Planejamento e de Assuntos Estratégicos, homem-forte do Executivo.

Parceria
Procurador-Geral de Justiça, Gianpaolo Smanio se reuniu na terça-feira com promotores de São Bernardo e pediu que haja trabalho integrado das promotorias da cidade com a PGJ. 

Comentários


Veja Também


Miriam Belchior vira alternativa andreense

Enquanto lambe suas feridas e se organiza para a eleição de 2018, o PT de Santo André começa a coletar opiniões a respeito de 2020. Depois da derrota de Carlos Grana (PT) no segundo turno para Paulo Serra (PSDB) por larga margem de diferença, a sigla ainda segue sem nomes projetados para a próxim...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar