Cena Política

Invasão causa confusão em São Bernardo


Mais uma confusão marcou a sessão em São Bernardo. Depois da polêmica entre o presidente da Casa, Pery Cartola (PSDB), e o oposicionista Julinho Fuzari (PPS) sobre paternidade do projeto que autoriza circulação de animais em parques públicos, agora a invasão em terreno no bairro Assunção motivou a discussão no Legislativo. Julinho pediu autorização dos pares para falar sobre o tema. A ampla base de sustentação vetou. Depois, o líder do governo, Ramon Ramos (PDT), também quis discorrer sobre o assunto. Mas não havia quórum suficiente para aprovação. Na sequência a sessão chegou ao fim. A maioria dos vereadores foi para uma sala atrás do plenário e lavou roupa suja, porque os parlamentares queriam se posicionar oficialmente contra a ocupação, mas não conseguiram registrar o posicionamento.

BASTIDORES

Filme
Ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha (PT) escolheu Mauá para a pré-estreia do documentário Agentes da Vida, que conta histórias de profissionais e pacientes atendidos pelo Programa Mais Médicos, adotado por ele durante sua passagem pelo governo federal. O evento está marcado para amanhã, às 18h, no diretório do PT mauaense, localizado na Rua Santa Helena, 248, no Centro. O filme foi gravado pelo conhecido publicitário Tarcisio Tadeu Garcia Pereira.

Pesquisa e oposição – 1
Uma grande empresa de São Bernardo encomendou pesquisa para avaliar as perspectivas da economia e da política da cidade, que embasará possibilidades de investimentos e estabilidade para aporte de recursos. Mas um dado deste levantamento chamou atenção no PT de São Bernardo: a população do município vê no deputado federal Alex Manente (PPS) a principal figura da oposição ao prefeito Orlando Morando (PSDB).

Pesquisa e oposição – 2
O estudo ignora completamente algum nome do PT como figura de combate ao prefeito Orlando Morando (PSDB) em São Bernardo. Esse resultado preocupou o partido no município, porque são cinco vereadores petistas e, principalmente, a legenda acabou de sair do comando do Paço – Luiz Marinho ficou oito anos no poder, porém viu seu afilhado político, Tarcisio Secoli (PT), sequer ir ao segundo turno na eleição do ano passado.

Queermuseu
As câmaras de São Caetano e São Bernardo aprovaram moções de repúdio ao Queermuseu, exposição cultural patrocinada pelo banco Santander no Rio Grande do Sul e suspensa pela instituição depois de polêmica com grupos de direita – o ato tinha como mote a diversidade e as questões LGBT. Em São Bernardo, o repúdio foi apresentado pelo vereador Eliezer Mendes (Podemos, ex-PTN). Em São Caetano, o texto foi de autoria coletiva.

Palavras ao vento
Munícipes que costumam acompanhar os trabalhos na Câmara de Santo André chamaram atenção para a fala do vereador Professor Minhoca (PSDB) sobre a existência de furacão na cidade. O tucano disse que passou por furacão com “escala 13 e 14”, em alusão ao PT e ao PTB, partidos que se revezaram no poder até 2016. Porém, no mesmo dia Minhoca anunciou dobrada eleitoral com o ex-prefeito Aidan Ravin (ex-PTB, hoje PSB), um dos alvos de sua crítica.

Viagens
Outro secretário do governo de Lauro Michels (PV), em Diadema, viajou e não avisou o prefeito. Carla Dualib, titular da Comunicação e neta do ex-presidente do Corinthians Alberto Dualib, foi para Portugal, por uma semana em agosto, e o chefe do Executivo só soube quando ela já estava em viagem. O mesmo aconteceu com seu secretário de Defesa Social, Marcel Soffner, que foi para Las Vegas e Lauro descobriu pelas redes sociais. 

Comentários


Veja Também


Invasão causa confusão em São Bernardo

Mais uma confusão marcou a sessão em São Bernardo. Depois da polêmica entre o presidente da Casa, Pery Cartola (PSDB), e o oposicionista Julinho Fuzari (PPS) sobre paternidade do projeto que autoriza circulação de animais em parques públicos, agora a invasão em terreno no bairro Assunção motivou ...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:
Voltar