Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Puigdemont não vai atender intimação para depor em Madri, diz advogado

EBC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


01/11/2017 | 11:11


O presidente catalão destituído Carles Puigdemont não voltará para a Espanha nas próximas semanas e, muito provavelmente, não atenderá à intimação de depor na Audiência Nacional de Madri a partir de amanhã, afirmou hoje seu advogado na Bélgica.

Perguntado como Puigdemont responderá à convocação, o advogado Paul Bekaert declarou à cadeia VTM: "Ele não vai a Madri". "Da forma que estão as coisas agora, não posso imaginar que ele vá retornar nas próximas semanas", acrescentou.

Na última sexta-feira, o Parlamento da Catalunha aprovou uma declaração de independência que levou Madri a decidir assumir o controle da região e a destituir os líderes locais.

A declaração veio depois que a população catalã votou pela independência do território em plebiscito realizado no começo do mês passado. A votação foi considerada ilegal por Madri.

Em coletiva de imprensa realizada ontem, Puigdemont explicou que ele e cinco integrantes de seu governo, também depostos e que o acompanharam até a Bélgica, buscam uma garantia de "liberdade e segurança" das autoridades espanholas.

Os 14 membros destituídos do executivo catalão enfrentam a possibilidade de serem acusados de rebelião por seguirem adiante com o movimento independentista que levou à declaração na última sexta-feira. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Puigdemont não vai atender intimação para depor em Madri, diz advogado


01/11/2017 | 11:11


O presidente catalão destituído Carles Puigdemont não voltará para a Espanha nas próximas semanas e, muito provavelmente, não atenderá à intimação de depor na Audiência Nacional de Madri a partir de amanhã, afirmou hoje seu advogado na Bélgica.

Perguntado como Puigdemont responderá à convocação, o advogado Paul Bekaert declarou à cadeia VTM: "Ele não vai a Madri". "Da forma que estão as coisas agora, não posso imaginar que ele vá retornar nas próximas semanas", acrescentou.

Na última sexta-feira, o Parlamento da Catalunha aprovou uma declaração de independência que levou Madri a decidir assumir o controle da região e a destituir os líderes locais.

A declaração veio depois que a população catalã votou pela independência do território em plebiscito realizado no começo do mês passado. A votação foi considerada ilegal por Madri.

Em coletiva de imprensa realizada ontem, Puigdemont explicou que ele e cinco integrantes de seu governo, também depostos e que o acompanharam até a Bélgica, buscam uma garantia de "liberdade e segurança" das autoridades espanholas.

Os 14 membros destituídos do executivo catalão enfrentam a possibilidade de serem acusados de rebelião por seguirem adiante com o movimento independentista que levou à declaração na última sexta-feira. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;