Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

BC vende US$ 50,0 milhões em leilão à vista de dólares

Marcello Casal Jr/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


14/11/2019 | 10:26


O Banco Central vendeu US$ 50,0 milhões em leilão à vista de dólares realizado há pouco. A oferta total era de US$ 600,0 milhões. O resultado da operação foi de um diferencial de corte de -0,000190 em relação à taxa de venda da ptax do fechamento de hoje.

Pelas regras do leilão, cada dealer de câmbio pode enviar até três propostas que contém o volume de compra pretendido e o diferencial, com até seis casas decimais, a ser adicionado ou diminuído da taxa de venda da ptax do dia de hoje. O BC aceitou as propostas cujo diferencial foi superior ou igual ao divulgado no resultado.

Entre 1º e 28 de novembro, o BC realizará diariamente leilões de dólar à vista, no valor de US$ 600,0 milhões. Simultaneamente, fará leilão de swap cambial reverso no mesmo montante. Há pouco, o BC também anunciou que vendeu 1.000 contratos (US$ 50,0 milhões) de swap reverso.

Sempre que não vender a totalidade da oferta de moeda à vista, o BC voltará ao mercado com operação de swap cambial tradicional no valor que não foi colocado. Hoje, como o mercado não absorveu toda a oferta de US$ 600,0 milhões em dólar à vista, o BC voltará ao mercado com leilão de 11.000 contratos (US$ 550,0 milhões) de swap cambial tradicional.

O objetivo destes três leilões diários é rolar o vencimento de swaps de janeiro ou trocá-lo por moeda à vista. Estão programados para vencer em janeiro um total de 226.200 contratos de swap cambial tradicional (US$ 11,31 bilhões).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

BC vende US$ 50,0 milhões em leilão à vista de dólares


14/11/2019 | 10:26


O Banco Central vendeu US$ 50,0 milhões em leilão à vista de dólares realizado há pouco. A oferta total era de US$ 600,0 milhões. O resultado da operação foi de um diferencial de corte de -0,000190 em relação à taxa de venda da ptax do fechamento de hoje.

Pelas regras do leilão, cada dealer de câmbio pode enviar até três propostas que contém o volume de compra pretendido e o diferencial, com até seis casas decimais, a ser adicionado ou diminuído da taxa de venda da ptax do dia de hoje. O BC aceitou as propostas cujo diferencial foi superior ou igual ao divulgado no resultado.

Entre 1º e 28 de novembro, o BC realizará diariamente leilões de dólar à vista, no valor de US$ 600,0 milhões. Simultaneamente, fará leilão de swap cambial reverso no mesmo montante. Há pouco, o BC também anunciou que vendeu 1.000 contratos (US$ 50,0 milhões) de swap reverso.

Sempre que não vender a totalidade da oferta de moeda à vista, o BC voltará ao mercado com operação de swap cambial tradicional no valor que não foi colocado. Hoje, como o mercado não absorveu toda a oferta de US$ 600,0 milhões em dólar à vista, o BC voltará ao mercado com leilão de 11.000 contratos (US$ 550,0 milhões) de swap cambial tradicional.

O objetivo destes três leilões diários é rolar o vencimento de swaps de janeiro ou trocá-lo por moeda à vista. Estão programados para vencer em janeiro um total de 226.200 contratos de swap cambial tradicional (US$ 11,31 bilhões).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;