Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Fabricantes de ar condicionado estao satisfeitos com 99


Do Diário do Grande ABC

31/12/1999 | 14:29


Os fabricantes de ar-condicionado, que deverao faturar em 2000 cerca de R$ 1,2 bilhao, estao satisfeitos com o desempenho de 1999, embora estimem que houve uma queda de produçao da ordem de 8% em relaçao a 1998. "Mas este é o segundo melhor ano da última década", disse Celso Simoes Alexandre, presidente da Associaçao Brasileira de Refrigeraçao, Ar-Condicionado, Ventilaçao e Aquecedores (Abreva).

Uma tendência positiva surgida recentemente no setor foi a substituiçao de boa parte das importaçoes, principalmente de grandes centrais de ar-condicionado. A razao dessa mudança, segundo Celso Alexandre, foi o aumento do dólar. Nos últimos anos, as importaçoes chegaram a cerca de 25% das vendas internas e hoje a participaçao nao passa de 16%. As exportaçoes do setor alcançam 10% do volume total e o principal mercado sao os países do Mercosul.

As perspectivas do setor sao de crescimento. Segundo Celso Alexandre, grupos estrangeiros estao cada vez mais interessados em investir no segmento, devido às expectativas em relaçao à demanda de grandes e médios equipamentos de ar-condicionado central, ao potencial da construçao civil brasileira e aos investimentos diretos em novas plantas industriais.

Os fabricantes de equipamentos, a indústria de partes e componentes e as instaladoras de ar-condicionado geram cerca de 250 mil empregos no país. Os maiores fabricantes de equipamentos sao a Springer-Carrier, a Trane, Hitachi e York do Brasil. Os maiores fabricantes de partes e componentes sao a Trox do Brasil, a Tropical Bryat e a Hei-Sei. Incluindo as instaladoras e as empresas importadoras, a maior parte fora do controle das entidades de classe, funcionam no país mais de 1200 empresas.

Ventiladores - mais tradicional fabricante de ventiladores do país e há 43 anos no mercado, a Vente Silva começa a exportar para os Estados Unidos, depois de consolidar posiçao no Mercosul. Segundo a gerente de Exportaçao e Importaçao, Eliane Machado, o verao "foi ingrato" com o setor em 1999. "Começou com dois meses de antecedência e foi muito curto".

As vendas de ventiladores registraram crescimento em torno de 15% em dezembro em comparaçao com o mesmo mês do ano anterior. A melhor performance este ano resulta também da reduçao acentuada das vendas de ventiladores importados da China e da Coréia. Segundo Eliane Machado, isso ocorreu devido à má qualidade dos importados, à falta de assistência técnica e porque a Receita Federal passou a fiscalizar com mais rigor a fronteira com o Paraguai.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;