Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ramalhão vence Paulista e se aproxima mais do G-4


Analy Cristófani
Do Diário do Grande ABC

02/09/2006 | 19:52


O Santo André venceu o Paulista sábado à tarde, no estádio Bruno Daniel, chegou à quinta posição e passou o time de Jundiaí na tabela do Campeonato Brasileiro da Série B. Os 2 a 0 do Ramalhão garantiram os 30 pontos da equipe na competição, enquanto o Paulista segue com seus 28 pontos. Esta é a melhor posição alcançada pela equipe do técnico Ruy Scarpino desde o início da competição. Motivo suficiente para que os pouco mais de 1,5 mil torcedores fizessem a festa sábado em casa. Os jogadores saíram de campo ouvindo o grito de apoio da torcida na arquibancada.

  
A próxima rodada, que será toda disputada na terça-feira, terá o confronto do Santo André com o Marília, em Marília, a partir da 20h30. No mesmo horário, o Paulista recebe o Ituano em Jundiaí.

  
No primeiro tempo, o tempo passava e o time do Grande ABC não encontrava o caminho do ataque. A equipe não conseguia sair do seu canto, sofria com a presença constante do Paulista na sua intermediária e, preso, o Ramalhão preocupava-se mais em se defender.

  
Com pouco mais de 12 minutos, o Santo André chegou pela primeira vez ao gol do Marília. E assustou, em um lance de gol anulado, com a marcação de falta no zagueiro Douglas Marques, do Paulista. Foi a partir deste momento que o time começou a sair um pouco mais para o jogo, mas nunca deixando a defesa desprotegida, já que o time de Jundiaí exigia cuidados.

  
A sorte virou de lado e Fábio Vidal, aos 35 minutos, cometeu pênalti em cima de Makelelê. Um minuto depois, Bebeto foi para a batida e fez seu oitavo gol com a camisa do Santo André. O time do Grande ABC sentiu o bom momento no jogo e passou a ter o controle das ações até o final da primeira etapa

  

Postura – O segundo tempo começou com a mesma postura por parte das duas equipes. E, agora, atrás no placar, o Paulista prendeu ainda mais o Ramalhão no seu campo, mas deu ao time do Grande ABC a opção do contra-ataque.


E o perigo rondou o gol de Júnior Costa. tanto que o goleiro precisou se esticar todo para defender o chute de Marco Aurélio, de mão trocada.

  
Melhor para o Santo André, já que um minuto depois, quase que na seqüência do lance, Makelelê ampliou. Bebeto entrou pela direita da área e tocou para trás, para Makelelê, que finalizou com tranqüilidade e fez o seu segundo gol nesse Campeonato Brasileiro, aos 10 minutos.

  
O resultado praticamente definia o vencedor da partida, mas não o placar do jogo. Isso porque o Paulista foi todo para cima, sem outra opção, e o Santo André soube aproveitar bem o avanço do adversário. Cadu perdeu grande chance de ampliar nos minutos finais do jogo, depois de jogada de Denni pela direita, numa vitória expressiva, pois o Santo André ficou a somente dois pontos do grupo dos quatro melhores do campeonato, as posições que dão acesso para a Série A da próxima temporada.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;