Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Rebeliao em cadeia do Rio deixa um morto, diz polícia


Do Diário do Grande ABC

30/08/1999 | 11:28


Terminou na madrugada desta segunda-feira a rebeliao de presos na delegacia do Leblon, no Rio de Janeiro. Os detentos entraram em acordo com a subchefe de Polícia Civil do Rio, delegada Marta Rocha, e cerca 50 presos já conseguiram transferência para o presídio Ary Franco, em Agua Santa, subúrbio do Rio. Outros 60 ainda serao transferidos.

Segundo informaçoes da GloboNews, o motim começou por volta das 23h deste domingo, quando o carcereiro Adaílson Rodrigues abriu a porta de uma das celas, atendendo ao pedido de um detento. Os presos quebraram paredes e atearam fogo nos colchoes, além de espancarem e tomarem como reféns o carcereiro e mais um detento, identificado como Mauro.

O secretário de Segurança, Josias Quintal, disse que vai abrir uma sindicância para verificar os procedimentos de segurança que o carcereiro tomou ao abrir a porta de uma das celas. Segundo Quintal, o funcionário dever ter aberto a porta com muita facilidade, o que nao é comum.

A polícia militar confirma que um detento morreu e sete ficaram feridos durante a rebeliao. O morto foi Rogério Guimaraes do Nascimento, de 18 anos, o Rogerinho, um dos chefes do tráfico da Favela Tavares Bastos, no Catete. Os feridos sao: Washington Luis Alvez Bezerra, Eder Wolf, Franklin Silva Santos, Luciano Bento, Marcio da Silva Alves, Mauro Farias Ferreira e um homem identificado apenas como Super Homem que saiu desacordado.

A delegacia abrigava 393 presos, o dobro da capacidade permitida.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rebeliao em cadeia do Rio deixa um morto, diz polícia

Do Diário do Grande ABC

30/08/1999 | 11:28


Terminou na madrugada desta segunda-feira a rebeliao de presos na delegacia do Leblon, no Rio de Janeiro. Os detentos entraram em acordo com a subchefe de Polícia Civil do Rio, delegada Marta Rocha, e cerca 50 presos já conseguiram transferência para o presídio Ary Franco, em Agua Santa, subúrbio do Rio. Outros 60 ainda serao transferidos.

Segundo informaçoes da GloboNews, o motim começou por volta das 23h deste domingo, quando o carcereiro Adaílson Rodrigues abriu a porta de uma das celas, atendendo ao pedido de um detento. Os presos quebraram paredes e atearam fogo nos colchoes, além de espancarem e tomarem como reféns o carcereiro e mais um detento, identificado como Mauro.

O secretário de Segurança, Josias Quintal, disse que vai abrir uma sindicância para verificar os procedimentos de segurança que o carcereiro tomou ao abrir a porta de uma das celas. Segundo Quintal, o funcionário dever ter aberto a porta com muita facilidade, o que nao é comum.

A polícia militar confirma que um detento morreu e sete ficaram feridos durante a rebeliao. O morto foi Rogério Guimaraes do Nascimento, de 18 anos, o Rogerinho, um dos chefes do tráfico da Favela Tavares Bastos, no Catete. Os feridos sao: Washington Luis Alvez Bezerra, Eder Wolf, Franklin Silva Santos, Luciano Bento, Marcio da Silva Alves, Mauro Farias Ferreira e um homem identificado apenas como Super Homem que saiu desacordado.

A delegacia abrigava 393 presos, o dobro da capacidade permitida.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;