Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Obras na Anchieta vao facilitar invasao, diz ambientalista


Andrea Catao Maziero
Da Redaçao

29/09/1999 | 18:59


Mesmo aprovada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente, a construçao de uma pista de 300 m ao lado da marginal norte do km 28 da via Anchieta, que vai ligar a favela do Areiao ao distrito de Riacho Grande, em Sao Bernardo, gerou descontentamento entre ambientalistas. Eles afirmam que as obras, que estao sendo realizadas pela Prefeitura, vao incentivar a ocupaçao irregular e provocar impacto ambiental permanente na área.

A pista vai ligar a favela ao túnel existente sob a rodovia, próximo ao Ilha de Capri. Para cortar caminho - o retorno mais próximo fica no km 23 -, os motoristas que saem do Areiao, sentido Riacho Grande, dao marcha a ré no acostamento para acessar o túnel e chegar mais rápido ao distrito. As obras, de acordo com a Prefeitura, estarao finalizadas dentro de 40 dias.

Hemínio Costa, membro do Sats (Serviço Aéreo e Terrestre de Salvamento e Proteçao Ecológica), disse que, embora a populaçao necessite de melhorias, as obras vao incentivar a ocupaçao nos morros, comprometendo a represa Billings. "Uma quantidade muito maior de esgoto sem qualquer tratamento passará a ser despejada na represa, em virtude do incentivo à ocupaçao desordenada. O que nao entendemos sao as prioridades da Prefeitura que, em vez de construir essa pista, deveria fazer obras de coletor de esgoto."

O coordenador da campanha Billings, eu te quero viva!, Carlos Bocuhy, também concorda com Hermínio. "A facilidade com que poderá ser feita a ocupaçao predatória sobre a área de captaçao de água vai causar um impacto ambiental permanente. Nao somos contra a obra, que trará melhorias para a populaçao do Areiao, mas sabemos que mais famílias serao atraídas para a área, que está praticamente dentro da estaçao de tratamento", disse.

O secretário de Habitaçao e Meio Ambiente, Carlos Comunian, disse que nao deverá ser facilitada a ocupaçao irregular. "O trecho em que a pista está sendo construída é muito pequeno, portanto, nao haverá impacto ambiental ou facilidade em ocupaçoes."



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;