Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 1 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Gato de duas faces não resiste e morre em Santo André

Marina Brandão/Especial para o Diário Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

William Cardoso
Do Diário do Grande ABC

08/11/2008 | 07:07


O gato de duas faces que levou curiosidade e espanto ao Morro da Kibon, em Santo André, já não vive mais. Duas Caras, como foi batizado, morreu pouco menos de 24 horas depois de passar por uma veterinária que constatou o sofrimento do animal, vítima de complicações em órgãos internos. Eles foram afetados pela mesma anomalia que possibilitou o surgimento de quatro olhos, dois focinhos e duas bocas na cabeça do felino.

A corretora de imóveis Cleide de Oliveira, 60 anos, proprietária do animal, lamenta o falecimento.

"Ele ainda conseguiu se alimentar pelas bocas, momentos antes de morrer. Mas estava muito fraco e aí, com uma das línguas para fora, acabou não resistindo. É uma pena, queria que o Duas Caras vivesse mais", explica.

Durante a visita à veterinária, a dona do gato chegou a avaliar a possibilidade de sacrificá-lo, mas preferiu aguardar a morte natural. "Ela me ofereceu uma injeção para acabar com o sofrimento. Com R$ 20, daria um fim no Duas Caras. Mas eu não quis."

Os momentos posteriores à morte do animal foram cercados de tristeza. Cleide pensou em colocar o corpo do gato num pote de vidro com álcool, mas uma outra perda ocorrida simultaneamente a fez mudar de idéia. "O pai do Duas Caras era muito estimado e morreu na mesma noite, depois de comer veneno para ratos na rua. Fiquei tão transtornada que acabei jogando os dois numa caçamba de lixo", diz.

Duas Caras nasceu no Dia de Finados. A anomalia que provocou o surgimento dos olhos, focinhos e bocas duplicados é conhecida por diprosopo e tem como provável causa o cruzamento entre ascendente e descendente diretos do gato.

A mãe do felino de duas faces é uma gata siamesa de pelo marrom, pintas claras e olhos azuis. Ela e os quatro filhotes da mesma ninhada de Duas Caras passam bem.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Gato de duas faces não resiste e morre em Santo André

William Cardoso
Do Diário do Grande ABC

08/11/2008 | 07:07


O gato de duas faces que levou curiosidade e espanto ao Morro da Kibon, em Santo André, já não vive mais. Duas Caras, como foi batizado, morreu pouco menos de 24 horas depois de passar por uma veterinária que constatou o sofrimento do animal, vítima de complicações em órgãos internos. Eles foram afetados pela mesma anomalia que possibilitou o surgimento de quatro olhos, dois focinhos e duas bocas na cabeça do felino.

A corretora de imóveis Cleide de Oliveira, 60 anos, proprietária do animal, lamenta o falecimento.

"Ele ainda conseguiu se alimentar pelas bocas, momentos antes de morrer. Mas estava muito fraco e aí, com uma das línguas para fora, acabou não resistindo. É uma pena, queria que o Duas Caras vivesse mais", explica.

Durante a visita à veterinária, a dona do gato chegou a avaliar a possibilidade de sacrificá-lo, mas preferiu aguardar a morte natural. "Ela me ofereceu uma injeção para acabar com o sofrimento. Com R$ 20, daria um fim no Duas Caras. Mas eu não quis."

Os momentos posteriores à morte do animal foram cercados de tristeza. Cleide pensou em colocar o corpo do gato num pote de vidro com álcool, mas uma outra perda ocorrida simultaneamente a fez mudar de idéia. "O pai do Duas Caras era muito estimado e morreu na mesma noite, depois de comer veneno para ratos na rua. Fiquei tão transtornada que acabei jogando os dois numa caçamba de lixo", diz.

Duas Caras nasceu no Dia de Finados. A anomalia que provocou o surgimento dos olhos, focinhos e bocas duplicados é conhecida por diprosopo e tem como provável causa o cruzamento entre ascendente e descendente diretos do gato.

A mãe do felino de duas faces é uma gata siamesa de pelo marrom, pintas claras e olhos azuis. Ela e os quatro filhotes da mesma ninhada de Duas Caras passam bem.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;