Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 22 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Carell e Binoche em roubada romântica entre irmãos


Ângela Corrêa
Do Diário do Grande ABC

31/10/2008 | 07:01


Jogar no mesmo bolo uma atriz européia e uma estrela do humor norte-americano não é exatamente novidade. Paul Thomas Anderson fez isso em Embriagado de Amor e a improvável paixão de Adam Sandler pela britânica Emily Watson (que trabalhou com Lars von Trier e Jim Sheridan antes de estrear em Hollywood pelas mãos de Robert Altman) quase lhe custou a carreira. Com a mesma premissa dos opostos, mas com diferença entre os pólos mais diluídas, Juliette Binoche é o alvo de Steve Carell em Eu, Meu Irmão e Nossa Namorada, que estréia hoje no Grande ABC e na Capital.

Carell, estrela de O Virgem dos 40 Anos, interpreta no filme de Peter Hedges, que também escreveu o roteiro, o viúvo Dan Burns, que, desde a morte da mulher, se ocupa apenas da educação das três filhas e de uma coluna em um jornal em que repete a pais aflitos de adolescentes as fórmulas utilizadas na criação das meninas. Certa tarde, Dan chega à casa dos pais exultante. Finalmente tinha se sentido interessado por alguém. Flertara com uma mulher maravilhosa em uma livraria. Tanto que até fingiu ser vendedor para se aproximar dela. Ela retribui o interesse e, depois de muito hesitar, pois começara um novo relacionamento há pouco tempo, lhe dá seu número de telefone.

Mas casa dos Burns estava agitada na mesma noite. O caçula, Mitch (Dane Cook, em cartaz também como o garanhão em Amigos, Amigos, Mulheres à Parte) também está apaixonado. E leva a garota para a família conhecer. Mas, para desgraça de Dan, o par do irmão é a mulher pela qual se encantou horas antes, Marie (Juliette).

Os dois terão de conviver em família por um fim de semana inteiro. O problema será disfarçar a evidente atração que sentem um pelo outro. Para complicar, a mãe (Dianne Wiest) arma um encontro às escuras para Dan, com Ruth (Emily Blunt) antiga colega de turma que ele odiava e tinha como apelido ‘cara de porco'. A garota cresceu e tornou-se uma bela mulher, mas o encontro, assim como todo o período, torna-se uma tortura justamente porque Mitch propõe que os dois casais saiam juntos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;