Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 28 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Thiago Pereira disputa 1ª medalha nesta quarta-feira


Das Agências

07/05/2008 | 07:19


Thiago Pereira pode conquistar nesta quarta-feira a sua primeira medalha de ouro no Troféu Maria Lenk, que começou na noite de terça-feira e só termina no domingo - a competição é a última chance para os nadadores brasileiros conseguirem índice olímpico. Ele vai disputar a final dos 200 m peito, a partir das 10h30, no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio, e carrega o rótulo de favorito.

Nas eliminatórias dos 200 m peito, na noite de terça-feira, Thiago Pereira fez apenas o quarto melhor tempo (2m17s42) - o primeiro foi Tales Cerdeira, com 2m14s51. Mesmo assim, ele é apontado como o adversário a ser batido na final desta quarta-feira pela manhã.

Aos 22 anos, Thiago Pereira é o grande nome da natação brasileira na atualidade, ao lado de César Cielo e Kaio Márcio Almeida. Sua performance recente, como foi o caso das oito medalhas conquistadas no Pan no Rio, em julho passado, o transformou em destaque mundial.

Mas, como já tem índice olímpico em suas principais provas, Thiago Pereira está nadando o Troféu Maria Lenk apenas para manter o ritmo de competição antes da Olimpíada de Pequim, em agosto. Isso, no entanto, não diminui seu ímpeto por

conquistar medalhas, como deve mostrar nesta quarta-feira.

Com 47 clubes e 434 atletas inscritos, o Troféu Maria Lenk é a última seletiva olímpica. Até agora, 11 nadadores brasileiros já conseguiram o índice para os Jogos de Pequim: César Cielo, Fabíola Molina, Flávia Delaroli, Gabriel Mangabeira, Guilherme Guido, Henrique Barbosa, Kaio Márcio, Lucas Salatta, Nicholas Santos, Rodrigo Castro e Thiago Pereira. Esse número, no entanto, pode aumentar a partir desta quarta-feira, quando começam as finais da competição.

Thiago Pereira terá pela frente cinco provas individuais: 200 m peito, 100 m e 400 m livre e 200 m e 400 m medley. Ele pode, ainda, participar dos revezamentos 4 x 50 m, 4 x 100 m, 4 x 200 m livre e 4 x 100 medley.

"Será emocionante voltar ao lugar que mudou a minha vida e me consagrou. Estou descansado e vou me esforçar para obter bons resultados", disse Thiago.

Recorde - Ainda terça-feira, César Cielo confirmou sua boa forma e passou fácil pelas eliminatórias dos 50 m livre. Com o tempo de 21s90, ele bateu o recorde do campeonato, que era dele mesmo - fez 22s32 em 2006.

"Estou bem pesado e nunca imaginei fazer 21s90 aqui", admitiu o nadador, que vai participar da final da prova nas competições desta quarta-feira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;