Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 8 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Cuba afirma que manterá sigilo absoluto sobre saúde de Fidel mesmo que ele seja operado


Da AFP

26/12/2006 | 11:04


 O governo cubano manterá sigilo absoluto sobre o estado de saúde de Fidel Castro durante alguns dias, mesmo que o presidente seja operado depois do envio de um cirurgião espanhol à ilha, informou nesta terça-feira o Jornal da Catalunha.

"Fontes dos serviços de saúde consultadas não descartaram que se mantenha durante alguns dias o silêncio sobre o estado de saúde do presidente cubano", afirma a publicação.

"O hermetismo oficial se manterá, inclusive, no caso de o chefe de cirurgia de um dos hospitais mais prestigiosos de Madri ter feito uma intervenção cirúrgica no presidente cubano", acrescentou.

Segundo o jornal, o hospital madrileno Gregorio Marañón "mantém a mais rígida reserva" sobre as conclusões do cirurgião espanhol José Luis García Sabrido depois de examinar Fidel.

Na segunda-feira, o governo regional madrileno confirmou a viagem a Havana de um médico do hospital Gregorio Marañón para examinar Fidel, sem dar maiores detalhes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cuba afirma que manterá sigilo absoluto sobre saúde de Fidel mesmo que ele seja operado

Da AFP

26/12/2006 | 11:04


 O governo cubano manterá sigilo absoluto sobre o estado de saúde de Fidel Castro durante alguns dias, mesmo que o presidente seja operado depois do envio de um cirurgião espanhol à ilha, informou nesta terça-feira o Jornal da Catalunha.

"Fontes dos serviços de saúde consultadas não descartaram que se mantenha durante alguns dias o silêncio sobre o estado de saúde do presidente cubano", afirma a publicação.

"O hermetismo oficial se manterá, inclusive, no caso de o chefe de cirurgia de um dos hospitais mais prestigiosos de Madri ter feito uma intervenção cirúrgica no presidente cubano", acrescentou.

Segundo o jornal, o hospital madrileno Gregorio Marañón "mantém a mais rígida reserva" sobre as conclusões do cirurgião espanhol José Luis García Sabrido depois de examinar Fidel.

Na segunda-feira, o governo regional madrileno confirmou a viagem a Havana de um médico do hospital Gregorio Marañón para examinar Fidel, sem dar maiores detalhes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;