Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Desfalques e regulamento marcam final do Paulistão


Do Diário Online

17/03/2003 | 13:56


Corinthians e São Paulo vão enfrentar muito mais que um ao outro no segundo e decisivo jogo de sábado, no Morumbi, pela final do Campeonato Paulista. Além de se preocuparem com os desfalques em suas equipes, problemas com o regulamento da competição assombram os times.

Pelo Timão, o técnico Geninho não vai poder contar com Leandro, que recebeu o terceiro cartão amarelo no jogo deste domingo, quando a equipe derrotou o Tricolor por 3 a 2, e terá de cumprir suspensão automática. Com isso, o meia Renato deve ser escalado como titular.

Já a situação do Tricolor é mais complicada. Além, do aspecto emocional — o time vem de uma derrota —, os jogadores Gustavo Nery e Maldonado, suspensos, não poderão entrar em campo. Entretanto, o treinador Oswaldo de Oliveria parece estar confiante. Neste domingo, após o jogo, ele disse: "Nós vamos encontrar uma saída, substituições, enfim, vamos pensar melhor. Ninguém ganhou nada ainda".

Regulamento - Apesar de o Corinthians ter vencido o São Paulo por 3 a 2, ele tem apenas a vantagem do empate, e não de poder perder por até um gol de diferença no segundo jogo. Isso porque o regulamento da Federação Paulista de Futebol (FPF) apresenta falhas. Pelo que diz o texto, o Corinthians é o beneficiado nos confrontos decisivos, embora o presidente em exercício da FPF, Eduardo José Farah, tenha afirmado que o texto foi escrito incorretamente e que a vantagem na final é do São Paulo, que foi melhor no saldo de gols durante a competição.

O alvinegro já havia entrado, na sexta-feira, com ofício na Federação pedindo a convocação do Comitê Executivo da entidade para julgar a questão do regulamento. Mas, o caso parece estar longe de uma solução. O vice-presidente do Corinthians, Antônio Roque Citadini, disse neste domingo que a reunião dos clubes com a entidade é uma questão legal. "É melhor que a federação convoque. Caso contrário, ela vai violar um regimento. Trabalho com a hipótese de que serenamente a federação fará isso."

Jogo - O segundo jogo da decisão está marcado para sábado, às 18h, no Morumbi. O dia, incomum para uma final, se deve à viagem do Corinthians para o México, onde no dia 26 enfrenta o Cruz Azul, pela primeira fase da Copa Libertadores da América. O São Paulo também atua no mesmo dia, em Brasília, contra o Gama, na primeira partida da segunda fase da Copa do Brasil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;