Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 3 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia ocupa Complexo do Alemão no Rio


Do Diário OnLine

04/08/2001 | 14:46


A Favela da Grota, no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, foi ocupada por volta das 6h deste sábado pela Polícia Militar. A invasão foi ordenada pelo secretário de Segurança Pública, coronel Josias Quintal, depois que o Jornal Nacional, da Rede Globo, exibiu cenas de uma feira de drogas na favela na noite de sexta-feira.

O secretário comentou que os traficantes mostrados pela reportagem já estão sendo investigados. Ele prometeu prender um a um, e disse que agora a feira será completamente erradicada.

Cerca de 30 policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e 20 homens do 16º BPM (Olaria) vão permanecer no local por tempo indeterminado.

Até o momento não houve trocas e tiros. O comandante do Bope, tenente-coronel Vanâncio Moura, afirmou que pretende reprimir a venda de drogas e a polícia pretende capturar o líder do tráfico, conhecido como Elias Maluco.

Reportagem As cenas mostravam jovens vendendo livremente haxixe, maconha e cocaína em plena luz do dia. Os “comerciantes” anunciavam aos gritos os valores das drogas, como em uma feira livre. “Promoção: Pó de (R$) 5”, “Vem cheirar o pó bom da Grota”, Maconha de (R$) 2.

Além disso, os bandidos com idades entre 12 e 20 anos estavam armados de fuzis e pistolas, circulando, entre moradores, estudantes e mulheres com crianças de colo.

A entrada da Grota é a principal via de acesso ao Complexo do Alemão, onde vivem cerca de 50 mil moradores em 12 favelas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia ocupa Complexo do Alemão no Rio

Do Diário OnLine

04/08/2001 | 14:46


A Favela da Grota, no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, foi ocupada por volta das 6h deste sábado pela Polícia Militar. A invasão foi ordenada pelo secretário de Segurança Pública, coronel Josias Quintal, depois que o Jornal Nacional, da Rede Globo, exibiu cenas de uma feira de drogas na favela na noite de sexta-feira.

O secretário comentou que os traficantes mostrados pela reportagem já estão sendo investigados. Ele prometeu prender um a um, e disse que agora a feira será completamente erradicada.

Cerca de 30 policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e 20 homens do 16º BPM (Olaria) vão permanecer no local por tempo indeterminado.

Até o momento não houve trocas e tiros. O comandante do Bope, tenente-coronel Vanâncio Moura, afirmou que pretende reprimir a venda de drogas e a polícia pretende capturar o líder do tráfico, conhecido como Elias Maluco.

Reportagem As cenas mostravam jovens vendendo livremente haxixe, maconha e cocaína em plena luz do dia. Os “comerciantes” anunciavam aos gritos os valores das drogas, como em uma feira livre. “Promoção: Pó de (R$) 5”, “Vem cheirar o pó bom da Grota”, Maconha de (R$) 2.

Além disso, os bandidos com idades entre 12 e 20 anos estavam armados de fuzis e pistolas, circulando, entre moradores, estudantes e mulheres com crianças de colo.

A entrada da Grota é a principal via de acesso ao Complexo do Alemão, onde vivem cerca de 50 mil moradores em 12 favelas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;