Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 28 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

SH 150 i: ágil, econômica e prática

Honda mantém tecnologia de ponta na versão 2019 da scooter; preço a partir de R$ 12,7 mil


Franscisco Lacerda
Do Diário do Grande ABC

05/04/2019 | 07:00


A Honda apresenta a versão 2019 da SH 150i, scooter ideal para o dia a dia de trânsito caótico, semáforos, lombadas e congestionamentos, atualmente tão frequentes. Moderna, a motinha se mantém ágil, econômica e prática.

A cor cinza metálica, três anos de garantia e óleo Honda grátis em sete revisões a partir da terceira enriquecem ainda mais o portfólio da scooter, que mantém a mecânica, com motor OHC monocilíndrico de quatro tempos (0,9 litro), injeção eletrônica e gera 14,7 cavalos de potência e 1,4 kgfm de torque. A motoneta da marca japonesa tem partida elétrica, transmissão automática variável CVT, sistema eSP – capaz de reduzir de maneira automática a rotação do motor –, e potência máxima de 14,7 a 7.750 rpm. A velocidade máxima indicada é de 160 km/h.

No tanque são 7,5 litros de gasolina, com média de 31 km/l. O preço parte de salgados R$ 12,7 mil. Rodas aro 16 dão mais segurança e estabilidade na condução da scooter em vias irregulares, como as da região. Para efeito de comparação, a maioria das scooters tem rodas aro 14 ou até menos.

Bem equipada, a SH 150i mantém tecnologia de ponta, como chave inteligente presencial Smart Key, sistema Idling Stop – que proporciona economia e faz com que a motinha desligue automaticamente ao ficar por mais de três segundos parada, mas que retoma acionamento do motor assim que o condutor acelera –, compartimento com fonte 12 V e painel digital, no qual o  computador de bordo mostra relógio, registro de consumo médio de combustível e de quando é necessário trocar o óleo, além de luzes de alerta ao nível do combustível e à temperatura da água.

ELEGANTE
A carenagem integral dá mais elegância. Ainda oferece, sob o banco, porta-objetos para 25 litros. Dá para guardar o capacete e, às mulheres, até a bolsa. As pedaleiras são escamoteáveis, tem cavalete central e vem com estrutura para instalação de baú. O banco é alto, amplo e confortável. O diferencial da SH 150i é o assoalho plano, que faz com que os pés fiquem à frente e não nas laterais, atrativo a mais às mulheres, que podem se sentir mais ‘confortáveis’ ao ‘montar’ na motinha.

Faróis de LED e luzes diurnas ajudam na visualização no trânsito. Os freios, a disco na dianteira e na traseira, são ABS, que evitam o travamento em freadas bruscas. As ‘rodonas’ são de liga leve, com pneus 100 80R 16M na frente e 120 80R 16M atrás.

A equipe de reportagem do Diário testou a scooter e pôde verificar que, além de fácil de pilotar, ágil e mesmo ‘levinha’, a motinha é forte, e mostra estabilidade, segurança e bom desempenho. Não reclama em subidas mesmo com garupa e ao ser ‘cobrada’ ela ‘responde’.

Ótimo acabamento e os piscas incorporados à carenagem dianteira agradam aos olhos. Se tiver disposto(a) a ter scooter, a SH 150i vale a compra. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;