Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Adolescente é morto em frente a escola em SP


Do Diário OnLine

13/02/2003 | 08:37


Um adolescente foi morto a tiros na noite de quarta-feira em frente a um colégio da zona Leste de São Paulo. Walace Passos, 17 anos, conversava com colegas nas proximidades da Escola Municipal Madre Joana Angélica de Jesus quando três homens armados localizaram a vítima e dispararam contra ela. Além de Walace, outros sete adolescentes entre 13 e 15 anos, que saíam do colégio, foram baleados.

A polícia recebeu denúncia de que Walace foi morto em vingança pela morte de outro adolescente. Todos os alunos feridos foram levados para o Hospital Geral de Guaianazes, mas já foram liberados.

Esse é o segundo assassinato ocorrido na escola em um período de dez meses. Em abril do ano passado, a diretora do colégio foi morta com dois tiros na cabeça ao deixar o trabalho.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Adolescente é morto em frente a escola em SP

Do Diário OnLine

13/02/2003 | 08:37


Um adolescente foi morto a tiros na noite de quarta-feira em frente a um colégio da zona Leste de São Paulo. Walace Passos, 17 anos, conversava com colegas nas proximidades da Escola Municipal Madre Joana Angélica de Jesus quando três homens armados localizaram a vítima e dispararam contra ela. Além de Walace, outros sete adolescentes entre 13 e 15 anos, que saíam do colégio, foram baleados.

A polícia recebeu denúncia de que Walace foi morto em vingança pela morte de outro adolescente. Todos os alunos feridos foram levados para o Hospital Geral de Guaianazes, mas já foram liberados.

Esse é o segundo assassinato ocorrido na escola em um período de dez meses. Em abril do ano passado, a diretora do colégio foi morta com dois tiros na cabeça ao deixar o trabalho.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;